“Ser Homem” — GQ México

SER HOMEM
As definições de estilo e masculinidade, definitivamente, não são mais as mesmas há uma década. E quem melhor que o jovem ator e modelo britânico, Hero Fiennes Tiffin para nos eclarecer a que direção está indo estes dois conceitos.

GQ (Mexico) 29 Jan 2020 Por Jesús Alberto Germán

Acima, Hero na campanha do novo perfume de Salvatore Ferragamo.

Se o sobrenome Fiennes te parece familiar, talvez seja por causa desses dois titãs da atuação, de nomes: Ralph (A lista de Schindler, 1993; O Jardinero Fiel, 2005 e a saga de Harry Potter) e Joseph (Elizabeth, 1998; Shakespeare Apaixonado, 1998). Seguindo o caminho de seus tios, Hero Fiennes Tiffin é o novo membro da linhagem que você deve prestar atenção. Com apenas 22 anos, o britânico já é uma das jovens promessas da atuação e na área de modelo, mas também como um perfeito representante do significado de masculinidade dos novos tempos. “Para mim, parece que esse conceito mudou bastante. Até alguns anos atrás, na época em que meu pai foi criado, existia a ideia de que um homem forte não podia mostrar suas emoções. Na atualidade, [mostrar emoções] é sinônimo de ser fiel e sincero aos seus princípios e ao que acredita.”, compartilha com exclusividade para GQ.

Assim como o termo “ser homem” evoluiu, a definição de estilo vem se transformando com o passar dos anos, e agora “representa o reflexo do que você é, de suas opiniões, da sua moral, uma projeção física dos seus sentimentos. E por esse motivo, não há regras”, aponta Hero. “Não acho que o estilo tenha a ver com autoconfiança, ainda que precise de confiança em si mesmo para poder projetá-lo. Eu acho que muitos falham nisso”, continua. Desta maneira, Fiennes-Tiffin é o perfeito exemplo desse novo conceito de masculinidade atual que falamos.

Talvez, este tenha sido um dos tantos motivos pelo qual recentemente ele assinou com a Salvatore Ferragamo para ser o rosto do seu novo perfurme, Ferragamo, essência que repousa sobre o homem espírito livre, quem não tem medo de atravessar fronteiras e cuja criatividade é inesgotável. “Com a parceria, compartilho a ideia da velha escola, mas com um toque contemporâneo. A filosofia deles se adapta muito bem ao meu estilo pessoal: simples e prático, que me permite fazer o que quero e que não é restritivo”, finaliza o britânico.

Matéria Original: GQ México | Tradução: Caroline (Equipe Hero Fiennes-Tiffin Brasil)
Arquivado em Entrevista, Ferragamo, Matérias, Notícias, Salvatore Ferragamo