Artigo: Revista Icon sobre Hero Fiennes Tiffin

Numa tarde de março deste ano, fui à Feltrinelli localizada na Rua Appia em Roma e percebi que a livraria estava cheia de meninas. Tinha um silêncio estranho, o ar vibrando com antecipação. Tentei entender o que estava acontecendo na parte de trás, em direção à área elevada, onde as apresentações geralmente são realizadas. Havia uma mesa coberta com um pano vermelho e nas laterais dois cartões com letras brancas em caligrafia cursiva. A um certo ponto, na parte de trás da livraria, um garoto alto é exposto. Ele usava uma gola alta preta, uma jaqueta de couro e andava fluidamente, quase escorregando na onda de aplausos e gritos que o cumprimentavam. Era Hero Fiennes Tiffin, estrela inglesa de 21 anos de After, em uma turnê promocional para o primeiro filme adaptado da série de livros da americana Anna Todd, que nasceu no Wattpad como fanfiction dedicada a Harry Styles.

Em After, Fiennes Tiffin empresta seus belos modos ingleses – olhos claros, sobrancelhas espessas, nariz reto e boca grande, ao personagem enigmático de um garoto que seduz uma garota ingênua, a lê Emily Bronte, permite que ela descubra sexo e depois se apaixona. O esquema é o mesmo que Crepúsculo e Cinquenta tons de cinza, mas Fiennes Tiffin tem uma naturalidade reticente que o torna único. Em uma entrevista no youtube junto com a atriz Josephine Langford, ela cita sua carreira de modelo: “Você desfilou para a Dolce & Gabbana em Milão” diz ela. Ele responde: “Certo, então eu me virei e voltei.”

Pode parecer normal para ele, porque ele cresceu em uma família de artistas. A mãe é a diretora Martha Fiennes, os tios são os atores Ralph e Joseph Fiennes; Aos 11 anos, Fiennes Tiffin teve o primeiro papel no cinema em “Harry Potter e o Enigma do Príncipe”, no papel do jovem Tom Riddle e do futuro Lord Voldemort (interpretado por Ralph Fiennes, mas Hero teve que passar por uma audição com outros milhares de jovens atores). Nas cenas em que ele aparece, ele tem uma expressão fria que é realmente assustadora. Sua página da Instagram, que hoje possui 3,4 milhões de seguidores, mostra uma imagem completamente diferente: Fiennes Tiffin parece um garoto de 21 anos, como muitos outros que vão a festas e escutam trap. Ele anda com amigos em camisetas e bonés de beisebol, participa de campanhas publicitárias e capas de revistas (isso não é para todos, mas ele trabalha para a agência Storm Models), fotografa seu cachorro, um pitbull de aparência inofensiva chamado Diesel, entre os lençóis da sua cama. Publica uma foto de sua mãe e deseja-lhe um feliz aniversário. Em alguns vídeos enviados pelos fãs, ele é calmo e paciente, ele posa para as fotos, agradece, os abraça e depois sai.

Antes de After, Fiennes Tiffin havia participado de séries como The Tunnel, o remake de The Bridge francês, e Safe – mas também houve testes sem sucesso, como para Stranger Things. Agora todo mundo o quer. Em 2020, aparecerá no segundo filme de After, e depois no thriller The Silecing, ao lado de Nikolaj Coster-Waldau e Annabelle Wallis.

Ele nunca revelou nada sobre sua vida privada e sentimental. Como uma celebridade contemporânea, ele gerencia – provavelmente com a ajuda de agentes – a página no Instagram como uma parede espelhada que deslumbra e impede de ver o que acontece por trás. Mas nós realmente queremos saber? […] Podemos continuar sonhando que ele é como queremos. Talvez nesse período ele só tenha dormido na companhia de Diesel; Segundo ele, ele tem tempo apenas para a família, amigos, a profissão de ator e modelo. Se houver mais alguma coisa, no momento, ele guarda para ele mesmo.

Matéria: Icon Magazine Itália | Tradução e adaptação: Equipe Hero Fiennes Tiffin Brasil 
Arquivado em After, After We Collided, Artigos, Matérias

Com a chegada da nova era de ‘After’ e com o inicio das gravações de ‘After We Collided’‘After Depois da Verdade’ (em português), nós da equipe resolvemos presentear vocês com o livro sequência de Anna Todd,  After Depois da Verdade. E você que ainda não leu a sequência ou ainda não possui o livro impresso, não pode perder essa chance!  Para participar é fácil! Confira as regras: 

– Seguir o HeroFTBrasil;

– Dar RT no post via Twitter;

– Marcar 01 (UM) amigo;

 

  1. O sorteio é válido apenas para território brasileiro.
  2. É necessário que você siga todas as regras, iremos conferir! Caso o sorteado não esteja seguindo, iremos sortear novamente.
  3. Vamos entrar em contato com o(a) vencedor(a), que terá um prazo de 24 horas para nos responder, caso contrário, sortearemos novamente, e assim por diante.

O sorteio será realizado no dia 15 de Setembro e será desclassificado aquele que não tiver cumprido as regras. ATENÇÃO: Só serão contabilizados dois comentários por pessoa. O resultado saíra aqui em nosso site e também em nosso Twitter. 

 

Fácil né? Então corre e não deixe de participar. Boa sorte!

Arquivado em After, After We Collided, Destaque, Filme, Filmes, Matérias, Notícia, Notícias, Projetos, Site, TV

Conheça o Elenco de ‘After We Collided’

Com grandes nomes da indústria, o elenco completo deAfter We Collidedfoi divulgado, hoje (15), através de vídeos dos próprios atores pela conta oficial do longa (aftermovie) no Instagram. Esta sequência de ‘After’, mostrará como Tessa Young e Hardin Scott lidarão com as revelações obscuras que estão por vir. Com essa nova era de After, a própria Anna Todd revelou estar acompanhando tudo bem de perto, e também que escreveu o roteiro da produção. Hero Fiennes Tiffin e Josephine Langford retornarão à After We Collided como Hardin Scott e Tessa Young.  O filme tem previsão de estreia para o primeiro semestre do ano que vem, 2020, e o inicio das gravações nesta segunda-feira (12/08). Neste novo momento, não poderiam faltar novidades e anúncios de extrema grande importância. Dentre eles, temos o diretor americano Roger Kumble que  foi anunciado oficialmente como o diretor de ‘After We Collided’ e também Dylan Sprouse para viver Trevor  Matthews (Fucking Trevor). Conheça agora os novos integrantes do elenco:

 

John Jackson Hunter viverá o Jovem Hardin. John é um ator mirim, conhecido por seus papéis nos filmes Mr. Mercedes (2017) e Like Arrows (2018).

Candice King viverá Kimberly Vance, amiga de Tessa na editora ‘Vance Publishing’, onde a protagonista fará seu estágio. King é uma atriz, cantora e compositora norte-americana. A atriz ficou mundialmente conhecida por interpretar Caroline Forbes na série de televisão The Vampire Diaries (2009–17).

Charlie Weber viverá Christian Vance, o dono da editora em que Tessa fará estágio. Vance é namorado de Kimberly e também um dos melhores amigos do pai de Hardin (Ken Scott). Charlie Weber é um ator norte-americano, conhecido por interpretar Frank Delfino na série de televisão americana How to Get Away with Murder e Ben em Buffy, the Vampire Slayer.

Max Ragone, viverá o precioso Smith Vance, filho de Christian Vance. Aparentemente este é o primeiro trabalho do ator mirim.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Meet Max Ragone, our Smith. Welcome to the #After family! #afterwecollidedmovie 💜

Uma publicação partilhada por After Movie (@aftermovie) a

Louise Lombard dará vida à Trish Daniels, mãe de Hardin. Louise Lombard é uma atriz britânica, conhecida pelos seus papéis como Sophia Curtis em CSI; Investigação Criminal e Evangeline Elliot em The House of Elliot (Mansão de Elliot).

 


 

E com tristeza, foi anunciado que Peter Gallagher e Jennifer Beals não continuarão na franquia, ambos por incompatibilidade de agenda. Peter interpretou Ken Scott, pai de Hardin, enquanto Jennifer interpretou Karen Scott, esposa de Ken, no primeiro filme da saga e os dois agradaram com unanimidade o fandom, mesmo tendo pouco (pouquíssimo) tempo de tela. Ter aparecido pouco no filme é um dos fatores que provavelmente vai facilitar a substituição de Peter pelo ator Rob Estes e de Jennifer pela atriz Karimah Westbrook. Conheça mais um pouco sobre os dois a seguir.

Robert “Rob” Estes entrará no segundo filme da franquia interpretando Ken Scott, pai de Hardin. Rob é um ator americano conhecido por seus papéis como Harry Wilson na série de drama adolescente 90210, e Sargento Chris Lorenzo na série de drama de crime Silk Stalkings.

Karimah Westbrook vai substituir a atriz Jennifer Beals, dando vida à Karen Scott, mãe de Landon e esposa de Ken, no segundo filme da franquia. Karimah é uma atriz americana que ficou conhecida pelo seu papel em O Retorno de Sweetback, onde interpretou a personagem Ginnie.

Muitas novidades e mudanças neste segundo filme da franquia, que, com a chegada do diretor Roger Kumble e com Anna Todd bem mais envolvida no processo, promete ser mais fiel ao livro. Quanto ao elenco, agradou plenamente a nossa equipe e só desejamos sucesso, que o projeto seja bem feito e que seja uma experiência boa para todos os envolvidos, inclusive os fãs, que acompanham, divulgam e mandam energias positivas!

Arquivado em After, After We Collided, Destaque, Filmes, Notícias

Nós conseguimos  a nossa tão suada indicação ao Teen Choice Awards 2019 nas categorias Choice Drama Movie com After, Choice Drama Movie Actor com Hero Fiennes Tiffin e Choice Drama Movie Actress com Josephine Langford! Muito obrigada por terem participado conosco dessa primeira parte do processo, conseguimos as indicações mas agora virá a mais importante: A VOTAÇÃO. Para votar e dar o prêmio do TCA para Josephine, Hero e After você deve fazer o seguinte:

OBS: Não é permitido votar para mais de uma categoria num mesmo tweet. Caso aconteça, o voto será anulado.

OBS2: Os tweets podem conter fotos, vídeos e gifs, porém os tweets com números e emojis também serão ANULADOS.

  • > Para votar pelo site do TCA (clique aqui), será preciso mudar o IP do seu computador para um IP dos Estados Unidos. Para fazer isso, você deverá baixar algumas extensões (neste caso, para Google Chrome) no seu navegador. Algumas são o Unlimited Free VPN  e ZenMate VPN. Após mudar o IP, é só entrar no site, logar pelo seu Facebook ou e-mail, procurar a categoria em que After, Hero e Josephine estão participando, e claro, VOTAR!

OBS1: Também só serão válidos 10 votos por dia num mesmo Facebook ou e-mail através do site.

As votações da Primeira Onda, onde as categorias de Choice Drama Movie, Choice Drama Movie Actor, Choice Drama Movie Actress concorrem, vão de 19 de Junho até 25 de Junho às 13h (horário de Brasília).

E aí, bora votar?

Arquivado em After, Indicações, Notícias, Premiações

Anna Todd criou uma fan fiction do One Direction enquanto seu marido estava no Iraque – você pode culpá-la? Inspirada em Harry Styles, Todd escreveu um romance de boa-garota-encontra-bad boy, After, em seu telefone usando o aplicativo Wattpad, publicando um capítulo diário por mais de um ano. Frequentemente comparado à trilogia Fifty Shades ambos originários desse universo, After cresceu em uma série de cinco livros com 1.5 bilhão de leituras, disponível em 40 países.

Hoje esta história chegou as telonas, com a Australiana Josephine Langford interpretando Tessa Young, e o britânico Hero Fiennes-Tiffin como Hardin Scott. A Girlfriend se encontrou com os protagonistas em Los Angeles para conversar sobre o filme, One Direction e sua família famosa.

Quão conscientes vocês estavam do fenômeno After?

Josephine: Eu não fazia ideia de que existia bem debaixo do meu nariz. Eu acho que nós dois estávamos vivendo em cavernas!

Hero: Fiquei chocado ao descobrir quantas pessoas sabiam sobre isso, então estou muito animado com o fato de estarmos a bordo do projeto e levando a jornada ainda mais longe.

Suas redes sociais bombaram depois que você foi escalado. Como foi?

Hero: Inicialmente foi uma loucura e não fiquei online por alguns dias, embora a maioria das reações tenham sido positivas.

Josephine: Tive muita sorte quando fui anunciada porque todos me apoiaram muito e me disseram um milhão de vezes que eu pareço exatamente com Tessa.

Os livros After foram originalmente escritos como fan fiction de One Direction. Vocês gostam da banda?

Josephine: Eu acho que eles são bons, mas eu nunca parei para escuta-los, apesar de conhecer algumas de suas músicas.

Hero: Eu nunca salvei nenhuma das canções deles no meu celular, mas eu respeito e aprecio suas músicas. Muitas pessoas os amam, então eles claramente fizeram algo certo. Música é tão subjetiva.

Hero, você está interpretando uma encarnação de Harry Styles em After. Você já o conheceu?

Hero: Não. Eu aprecio como meu personagem foi inspirado nele no começo, mas chegou tão longe desde então. Eu não sei muito sobre Harry, mas, pelo que ouvi, ele não é realmente parecido com ele. Hardin tem uma personalidade própria.

Você tem muitas tatuagens no filme. Elas são verdadeiras?

Hero: Não tenho uma tatuagem sequer! Gosto delas, mas ficaria com medo de comprometimento – de permanentemente tê-las em minha pele pelo resto da vida. Vamos ver!

Vocês dois interpretam estudantes universitários em After. Vocês foram a faculdade?

Josephine: Não. Sempre quis ser uma atriz, então estou feliz com o caminho que escolhi.

Hero: Eu não fui porque fiquei com a ideia de me endividar por três anos. Não havia nada que eu quisesse fazer o bastante para ir para a universidade e a atuação estava indo bem. Eu queria colocar minha cabeça nisso e dar o meu melhor com minhas audições.

Vocês compartilham algumas características com seus personagens?

Josephine: Sou muito organizada, arrumada e motivada como a Tessa.

Hero: Gosto de pensar que sou tão confiante quanto Hardin. Acho que compartilhamos pontos de vista muito realistas, quase cínicos, sobre a vida. No geral, acho que somos mais diferentes do que semelhantes.

Vocês fizeram testes de química para seus papéis?

Josephine: Não. Na verdade nos conhecemos pela primeira vez no saguão do hotel em Atlanta, uma semana antes das gravações começarem. Fomos diretamente para um jantar, e no outro dia começamos os ensaios.

Hero: Seria difícil se não tivéssemos química – espero que tenha funcionado.

Vocês dois têm família no ramo cinematográfico (A irmã de Josephine está em 13 Reasons Why e os tios de Hero são atores britânicos). Suas famílias influenciaram vocês?

Josephine: Para mim, era apenas algo que eu sempre quis fazer. Nunca houve um filme ou um evento que me fez ir: Ah, tudo bem, é por isso que eu quero fazer isso. Eu nunca poderia me imaginar fazendo outra coisa.

Hero: Minha mãe é diretora e meu pai é escritor. Eles sempre me apoiaram muito, mas também me fizeram consciente de que nada é prometido e eu sempre deveria ter um plano B, então também trabalhei na indústria de alimentação porque eu amo cozinhar.

Meus tios sempre me dizem que estão lá se eu precisar conversar, mas não os vejo com frequência porque estão muito ocupados. Quando o faço, é mais interessante falar de coisas de família do que de trabalho.

Hero, você apareceu no filme final de Harry Potter como uma versão mais nova do Lord Voldemort de seu tio Ralph Fiennes. O quão divertido foi para você?

Hero: Muito. Voltar para a escola depois foi um pouco embaraçoso. Eu queria manter em segredo, mas minha professora disse à turma – por sorte foi legal, e meus amigos me apoiaram muito. Isso realmente não mudou minha vida drasticamente, a não ser que as pessoas começaram a me chamar de “Potter”.

Matéria Original: Girlfriend Austrália | Tradução: Paula Sales (Equipe Hero Fiennes-Tiffin Brasil)
Arquivado em After, Entrevista, Notícias
Por Christina Radish (15 de abril de 2019)

Dirigido por Jenny Gage e baseado no livro imensamente popular de Anna Todd, o drama romântico After segue Tessa Young (Josephine Langford), quem embarca em seu primeiro ano da faculdade como uma aluna dedicada e filha obediente, até sua colega de quarto convencê-la a experienciar o lado social da faculdade. Depois que um jogo de ”Verdade ou Desafio” é seguido por uma rejeição que intriga o misterioso britânico importado Hardin Scott (Hero Fiennes-Tiffin), os dois aprendem que possuem mais em comum do que jamais imaginariam, mas ao mesmo tempo, o segredo que Hardin está escondendo poderia rasgar qualquer chance que eles possuem de um amor real.
No dia de entrevistas para o filme em Los Angeles, Collider teve a oportunidade de sentar e conversar de 1 para 1 com o ator britânico Hero Fiennes-Tiffin sobre o apelo de interpretar esse personagem, assumir seu primeiro papel principal em um filme, o quão grato ele é pela devoção dos fãs da série de livro, gravar a cena do lago, os dias mais divertidos e desafiadores no set, como ele se aproxima de sua carreira, e as duas séries de TV que ele amaria ser um convidado.

Parece que esse é um daqueles personagens que, quando você lê o roteiro, qualquer um gostaria de interpretá-lo.
Exatamente, sim.

E você não estava familiarizado com a série de livros, nem sabia o quão popular eles eram?
Não, eu não estava. Eu uso a frase “vivendo sob uma rocha”, quando digo que não tinha ouvido falar sobre isso enquanto muitas outras pessoas o fizeram. Mas como você disse, o personagem é o tipo de personagem que qualquer um gostaria de interpretar, a qualquer momento, mas especialmente para o seu primeiro papel principal. Eu tive que interpretar um personagem tão complexo, problemático e misterioso, onde foi lentamente revelado por que ele é como é, ao longo do tempo para o público.

Este filme também lhe deu a oportunidade de fazer muitas coisas diferentes.
Sim, exatamente. Foi muito bom tocar uma variedade de emoções e fazer várias coisas. Com isso não apenas sendo um protagonista, mas meu primeiro protagonista, eu sinto que isso torna tudo mais divertido. Foi legal poder interpretar um personagem tão interessante.

Como se sente ao fazer seu primeiro protagonista? Isso foi algo que você sentiu pronto?
Eu sinto que é algo que você não pode estar preparado. Você apenas prepara o seu melhor e percebe que há algumas coisas que você não vai saber, até chegar lá e descobrir. Foi uma experiência muito divertida. Eu estava sempre pronto para mergulhar no fundo do poço e descobrir como passar pela experiência. Foi exatamente isso que fizemos e foi ótimo.

Como foi esse processo de audição, especialmente ter sido contratado antes mesmo de você saber quem seria a Tessa para o seu Hardin?
Eles contrataram Tessa dois dias antes de eu embarcar no avião para ir a Atlanta por dois meses. Uma mensagem de Jennifer Gibgot, uma das produtoras, apareceu com uma foto de Jo, que dizia: “Esta é Tessa, a propósito. Você a verá quando a conhecer e nos veremos daqui a dois dias.”Sinto que minha abordagem é muito grande, você recebe o que recebe e trabalha com ela. Eu me concentro mais nas coisas que eu tenho controle, como aprender as falas desde cedo, aprender o personagem de dentro para fora, e todas essas coisas. Então, você é apresentado à pessoa quem você fará o par e faz as coisas com o melhor de sua capacidade. Se todo mundo faz isso, é assim que você faz um bom filme.

Você teve um momento em que realmente sentiu que tinha pegado quem é Hardin Scott?
Eu não acho que houve um único momento, mas todos os dias, depois das filmagens, nós voltávamos para o hotel e tínhamos o que parece ser um tempo livre, mas de alguma forma conseguimos gastar muito disso apenas relaxando e conversando, fora do hotel ou no lobby. Apenas tendo Anna [Todd] lá, ela veio assistir a um dos nossos ensaios, e assim que chegamos ao fim, eu olhei para ela e ela estava em lágrimas. Obviamente, foi tão bom poder trazer sua história à vida para ela, e fazer bem. Espero que tenham sido lágrimas de alegria e não tristeza. Foi um bom momento em que percebemos: “Ok, estamos fazendo a coisa certa. Se ela está feliz, os fãs ficarão felizes.”

Como foi perceber que não só existe essa louca base de fãs para esses livros, mas que os fãs têm seu próprio nome, Afternators, e esses personagens têm nome de casal, Hessa?
Eu acho que talvez eu esteja dando um pouco de graça. No meu próximo projeto, eu vou dizer: “Onde está todo o apoio?” É tão incrível. Somos muito gratos por termos tantas pessoas nos apoiando. Eles pensaram: “Achamos que você é perfeito para o papel. Nós mal podemos esperar para ver o filme. Nós amamos o seu trabalho.” Isso é muito, muito gratificante e bom de receber. Talvez a gente não veja o lado do ódio, mas acho que temos sorte nesse sentido. Espero que eles continuem a sentir o mesmo, e que não assistam ao filme e mudem de ideia. Estou confortável por termos feito um bom trabalho.

No filme, Hardin parece que foi um pouco suavizado em comparação aos livros.
Eu acho que o jeito dele nos livros faz com que seja algo mais interessante, porém se você levar isso para a tela em 2019, é apenas uma coisa completamente diferente. É bom que todos, incluindo Anna [Todd] e Jenny [Gage], tenham reconhecido isso. Eu acho que foi importante fazer essas mudanças e embarcar juntos. Eu sinto que o jeito que foi adaptado tem sido muito bom e profissional.

Com este filme, muitas pessoas vão estar falando sobre a cena do lago, que é uma cena linda, mas parece que a realidade das filmagens pode ser mais desafiadora do que você esperava. Como foi gravar? Foi difícil passar pelo diálogo e não engasgar com a água?
Sim. A primeira vez que nós entramos, estava realmente quente e ensolarado, assim eu quis entrar. Era só um corpo agradável de água, em um dia realmente quente, úmido em Atlanta. Nós estávamos muito prontos para pular dentro. Depois de alguns dias, onde suas mãos estão enrugadas e você continua saindo, e você não seca porque você não trouxe uma toalha, nós apenas ficamos lá, congelando no chão. Ao todo, foi muito divertido. Havia algumas partes onde, quando estávamos conversando e prestes a nos beijar, eu estava usando nadadeiras porque eu poderia ficar em pé se eu fizesse isso. Se eu tivesse escorregado, teria me afogado, mas você tem que se adaptar. Era tão bom ter uma variedade de coisas para fazer, e a cena do lago era muito divertida. Ter que pisar a água e dizer as falas sem ar era definitivamente um pouco desafiador. Eu tive cãibra quando eu estava na ponta dos pés, duas vezes. Mas chegamos lá no final. Definitivamente teria sido menos legal, se eles escolhessem cenas e ângulos diferentes, mas parece bom.

Com uma cena como essa, você sentiu um senso extra de responsabilidade porque esse é um momento que os fãs do livro estarão esperando?
Sim. Tivemos muita sorte, na época, de não estarmos muito conscientes disso. No roteiro, há cenas muito impactantes e importantes, mas eu pessoalmente não pensei, na época, “Essa é uma cena que temos que fazer perfeitamente porque, se não for, os fãs vão pensar que é um filme diferente”. É bom ter essa liberdade e não sentir muita pressão lá.

Você esteve em todo o mundo com este filme.
Sim.

Como foi ouvir as reações em diferentes países? Você acha que as pessoas estão respondendo às mesmas coisas ou estão respondendo a coisas muito diferentes?
Eles respondem às mesmas coisas, mas em níveis diferentes. Alguns grupos de fãs são mais entusiasmados do que outros. Houve muitos gritos no Brasil e na Espanha. Na França, houve um pequeno grito, mas todo mundo era muito civilizado. É engraçado ver como diferentes fãs respondem de maneira diferente, em diferentes áreas. Em toda a linha, tem sido extremamente favorável. É muito gratificante ter um monte de pessoas dizendo: “Você é ótimo. Nós amamos isso. Obrigado.” É um bom impulso para o ego, por isso somos gratos a eles. Espero que, quando virem o filme, não mudem de ideia.

Qual foi o dia mais divertido no set?
Talvez o primeiro dia da cena do lago, apenas sendo capaz de pular nele, tenha sido o mais divertido. Nessa fase, estávamos muito confortáveis ​​com o elenco e a equipe, o que foi divertido de se fazer. E eu realmente gostei de todas as cenas em grupo. Nós passamos muito tempo juntos e nos conhecemos, então foi legal poder entrar no set e fazer o que estávamos fazendo juntos.

Houve um dia mais desafiador?
Houve um dia em que a maior parte do elenco estava toda em uma cena, e você tem que ter muitas cenas diferentes para obter cobertura de todos, então você tem que fazer a mesma cena muito emocional, de novo e de novo e de novo . Obviamente, você quer fazer o seu melhor quando está fora da câmera, para as outras pessoas se alimentarem, mas isso tem o seu preço. Você tem que ser bastante tático sobre onde você coloca todo o seu esforço e se certificar de que quando é sua chance, você acerta. Isso foi um desafio, mas é bom pular no fundo e testar a si mesmo.

Agora que você realizou seu primeiro projeto como protagonista, como descobrir qual é a próxima coisa? Você pensa muito mais sobre o que fazer a seguir, depois de fazer algo assim?
Eu sempre quis demonstrar vários papéis diferentes quando atuo e faço projetos diferentes, e nunca faço o mesmo. Quando me perguntam: “Qual é a sua coisa favorita para fazer, o personagem dos seus sonhos ou a história em que gostaria de se envolver?”, sempre deixei isso de lado porque quero fazer uma variedade de coisas. Não é como se eu estivesse pensando: “Tenho que fazer algo completamente diferente agora”, mas sempre tive consciência de demonstrar vários papéis. É bom ter isso em mente e agora estou ansioso para outras coisas, e também continuar contando essa história porque temos mais a dizer. Eu sou muito grato a Anna e a todos os envolvidos, por estar tendo uma experiência tão grande fazendo isso e agora estando em uma posição onde eu posso fazer outras coisas. Mais ofertas estão chegando, então você pode ser um pouco mais exigente e levar o seu tempo com isso. Eu sou eternamente grato a Anna e tudo relacionado a After, por essa posição que eu estou agora.

Você está de olho em filmes e projetos de TV?
Sim, filme e TV. Eu não sou de modo algum influenciado por um, mais do que pelo outro. Eu sinto que não tenho muita preferência. Com a TV, é apenas um processo mais longo, por isso você precisa ter mais certeza de que realmente quer se envolver nela por mais tempo do que seria com o filme. Você também não gostaria de fazer um filme em que você não queira se envolver. A mesma coisa se aplica. Então, eu não tenho muita preferência.

Existe um programa de TV atual que você adoraria fazer um convidado ou se apresentar?
Eu teria que dizer Game of Thrones.

Vai ter um spin-off, então ainda há uma possibilidade lá.
Ah sim? Eu nem sabia. Capaz. Eles não param, não é? Eu não faria, se fosse eles. Vou ter que falar com meu agente. Há também um programa chamado Top Boy, que é baseado em Londres, é tão bom. Então, Game of Thrones e Top Boy, eu definitivamente ficaria feliz em colocar no meu top dois. Isso seria tão legal.

Matéria: Collider | Tradução: Rebecca (Equipe Hero Fiennes-Tiffin Brasil)
Arquivado em After, Entrevista, Filme