Com a chegada da nova era de ‘After’ e com o inicio das gravações de ‘After We Collided’‘After Depois da Verdade’ (em português), nós da equipe resolvemos presentear vocês com o livro sequência de Anna Todd,  After Depois da Verdade. E você que ainda não leu a sequência ou ainda não possui o livro impresso, não pode perder essa chance!  Para participar é fácil! Confira as regras: 

– Seguir o HeroFTBrasil;

– Dar RT no post via Twitter;

– Marcar 01 (UM) amigo;

 

  1. O sorteio é válido apenas para território brasileiro.
  2. É necessário que você siga todas as regras, iremos conferir! Caso o sorteado não esteja seguindo, iremos sortear novamente.
  3. Vamos entrar em contato com o(a) vencedor(a), que terá um prazo de 24 horas para nos responder, caso contrário, sortearemos novamente, e assim por diante.

O sorteio será realizado no dia 15 de Setembro e será desclassificado aquele que não tiver cumprido as regras. ATENÇÃO: Só serão contabilizados dois comentários por pessoa. O resultado saíra aqui em nosso site e também em nosso Twitter. 

 

Fácil né? Então corre e não deixe de participar. Boa sorte!

Arquivado em After, After We Collided, Destaque, Filme, Filmes, Matérias, Notícia, Notícias, Projetos, Site, TV

Conheça o Elenco de ‘After We Collided’

Com grandes nomes da indústria, o elenco completo deAfter We Collidedfoi divulgado, hoje (15), através de vídeos dos próprios atores pela conta oficial do longa (aftermovie) no Instagram. Esta sequência de ‘After’, mostrará como Tessa Young e Hardin Scott lidarão com as revelações obscuras que estão por vir. Com essa nova era de After, a própria Anna Todd revelou estar acompanhando tudo bem de perto, e também que escreveu o roteiro da produção. Hero Fiennes Tiffin e Josephine Langford retornarão à After We Collided como Hardin Scott e Tessa Young.  O filme tem previsão de estreia para o primeiro semestre do ano que vem, 2020, e o inicio das gravações nesta segunda-feira (12/08). Neste novo momento, não poderiam faltar novidades e anúncios de extrema grande importância. Dentre eles, temos o diretor americano Roger Kumble que  foi anunciado oficialmente como o diretor de ‘After We Collided’ e também Dylan Sprouse para viver Trevor  Matthews (Fucking Trevor). Conheça agora os novos integrantes do elenco:

 

John Jackson Hunter viverá o Jovem Hardin. John é um ator mirim, conhecido por seus papéis nos filmes Mr. Mercedes (2017) e Like Arrows (2018).

Candice King viverá Kimberly Vance, amiga de Tessa na editora ‘Vance Publishing’, onde a protagonista fará seu estágio. King é uma atriz, cantora e compositora norte-americana. A atriz ficou mundialmente conhecida por interpretar Caroline Forbes na série de televisão The Vampire Diaries (2009–17).

Charlie Weber viverá Christian Vance, o dono da editora em que Tessa fará estágio. Vance é namorado de Kimberly e também um dos melhores amigos do pai de Hardin (Ken Scott). Charlie Weber é um ator norte-americano, conhecido por interpretar Frank Delfino na série de televisão americana How to Get Away with Murder e Ben em Buffy, the Vampire Slayer.

Max Ragone, viverá o precioso Smith Vance, filho de Christian Vance. Aparentemente este é o primeiro trabalho do ator mirim.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Meet Max Ragone, our Smith. Welcome to the #After family! #afterwecollidedmovie 💜

Uma publicação partilhada por After Movie (@aftermovie) a

Louise Lombard dará vida à Trish Daniels, mãe de Hardin. Louise Lombard é uma atriz britânica, conhecida pelos seus papéis como Sophia Curtis em CSI; Investigação Criminal e Evangeline Elliot em The House of Elliot (Mansão de Elliot).

 


 

E com tristeza, foi anunciado que Peter Gallagher e Jennifer Beals não continuarão na franquia, ambos por incompatibilidade de agenda. Peter interpretou Ken Scott, pai de Hardin, enquanto Jennifer interpretou Karen Scott, esposa de Ken, no primeiro filme da saga e os dois agradaram com unanimidade o fandom, mesmo tendo pouco (pouquíssimo) tempo de tela. Ter aparecido pouco no filme é um dos fatores que provavelmente vai facilitar a substituição de Peter pelo ator Rob Estes e de Jennifer pela atriz Karimah Westbrook. Conheça mais um pouco sobre os dois a seguir.

Robert “Rob” Estes entrará no segundo filme da franquia interpretando Ken Scott, pai de Hardin. Rob é um ator americano conhecido por seus papéis como Harry Wilson na série de drama adolescente 90210, e Sargento Chris Lorenzo na série de drama de crime Silk Stalkings.

Karimah Westbrook vai substituir a atriz Jennifer Beals, dando vida à Karen Scott, mãe de Landon e esposa de Ken, no segundo filme da franquia. Karimah é uma atriz americana que ficou conhecida pelo seu papel em O Retorno de Sweetback, onde interpretou a personagem Ginnie.

Muitas novidades e mudanças neste segundo filme da franquia, que, com a chegada do diretor Roger Kumble e com Anna Todd bem mais envolvida no processo, promete ser mais fiel ao livro. Quanto ao elenco, agradou plenamente a nossa equipe e só desejamos sucesso, que o projeto seja bem feito e que seja uma experiência boa para todos os envolvidos, inclusive os fãs, que acompanham, divulgam e mandam energias positivas!

Arquivado em After, After We Collided, Destaque, Filmes, Notícias

Hero concedeu entrevista para a revista “Hero”, que veio acompanhada com um ensaio fotográfico. Confira traduzida abaixo:

Uma década depois da sua estreia nas telonas, interpretando Tom Marvolo Riddle (ou seja, Aquele-Que-Não-Deve-Ser-Nomeado) em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, nesta primavera, Hero Fiennes-Tiffin de 21 anos faz sua transição para o personagem principal masculino, estrelando como Hardin Scott no ferozmente antecipado longa-metragem YA, After.

Nascido na cultura de fandom, o filme começou como uma série de fanfic do Harry Styles, publicada no Wattpad [uma plataforma online de histórias] antes da autora, Anna Todd, assinar um contrato de publicação e trocar o nome de Harry para Hardin. Retratando o bad boy emocionalmente carregado para a caloura ambicioso de Josephine Langford, foi a releitura dessa antiga história de amor que Fiennes Tiffin explica que o conquistou pela primeira vez.

Zoe Whitfield: Qual foi a primeira coisa que te atraiu para esse projeto, After?

Hero Fiennes Tiffin: Inicialmente foi a complexidade do personagem. Obviamente todos os personagens tem camadas, mas o papel que eu interpreto tem camadas mais profundas e escuras que ele realmente suprime, o que é ótimo para um ator. O projeto ia e voltava algumas vezes — Eu lembro que sempre ficava aparecendo — então eu já estava familiarizado com isso, porque eu fiz muitas audições antes de ir pra frente.

Zoe: E vocês filmaram em Atlanta, certo?

Hero: Filmamos. Foi divertido, pelo o que eu pude experienciar de Atlanta, de qualquer maneira, porque passávamos 95% do tempo no set ou em um trailer com ar condicionado, então tivemos muito pouco tempo para explorar. Mas do mínimo de que saímos, eu amei aquilo e quero voltar. Eles têm um aquário enorme, um dos maiores do mundo. Eu amo aquários então foi divertido, mas esse foi mais ou menos o tanto que a gente explorou.

Zoe: Você tem um peixe?

Hero: Não tenho. Eu gosto da ideia de ter um peixe, mas não quero ter um tanque de peixes até eu poder, tipo, incorporar isso na minha casa de um jeito adequado. Entende o que quero dizer? Eu sinto, tipo, tanques de peixe bem ali, parecendo estar um pouco…

Zoe: Fora do lugar?

Hero: Isso. Eu sou tipo vá fundo ou vá embora, então não vou fazer isso até eu poder fazer corretamente.

Zoe: Com After, você estava ciente que era um livro – e uma fanfic do Harry Styles – antes do filme aparecer no seu caminho?

Hero: Não, eu não fazia ideia, e eu quase fiquei suspreso por não fazer ideia disso, vendo os números [vendas] por trás. Foi estranho como isso não passou pelo meu radar.

Zoe: Como você se sente sobre a cultura de fandom na qual After nasceu?

Hero: Se ficar extremamente hardcore, não é o mais saudável. Mas geralmente, em todos os sentidos, é bem legal. Você sabe, quando é controlado.

Zoe: Você sabia que tem uma equipe das Filipinas espalhando a palavra do Hero no twitter?

Hero: O que você quer dizer com equipe das Filipinas?

Zoe: Tem uma conta no twitter das Filipinas com 542 seguidores, o user é @HeroFTPH. Você acha esse tipo de atenção estranha?

Hero: É, é um pouco estranho – requer tempo para se acostumar com isso. Mas eu acho que ainda é uma forma de admiração e respeito pelo o que eu faço, então eu pego os pontos positivos disso e aprecio o que eles estão fazendo.

Zoe: Você recentemente usou seu Instagram para dar apoio à uma marca de moda de um amigo, isso é algo que você está consciente? Dado que você tem cerca de meio milhão de pessoas assistindo?

Hero: Um milhão por cento. Eu acho que todo mundo deveria apoiar seus amigos, especialmente se eles têm uma plataforma para fazer isso. Ser apto para poder fazer isso é incrível.

Zoe: Eu vi em um evento que você foi, que você mencionou algo sobre seus amigos te zoando por seu trabalho como modelo?

Hero: É uma zoeira de amigos. Para ser justo, eu poderia trabalhar em um café e ainda assim ser zoado de algum jeito [risos]. São só algumas brincadeiras, mas eles me dão muito apoio. Esses tipos de piadas mantém você centrado, me mantém em boa forma.

Zoe: E como você achou a responsabilidade de interpretar um principal em After?

Hero: Nós fomos muito bem apoiados pela escritora e diretora, que estavam no set todos os dias. Passamos muito tempo na casa da Jenny [Gage, diretora] realmente nos aprofundando em tudo — e também jogando muito Fortnite com os filhos dela [risos]. Então eu não me senti sozinho de jeito nenhum, mesmo eu estando longe por dois meses, e eu nunca tinha ficado longe por tanto tempo assim. Nós todos nos demos muito bem. Eu posso imaginar que com gravações longas, as pessoas provavelmente voltam para seus quartos de hotéis por conta própria, mas nós fomos sortudos o suficiente por ter um elenco e equipe que fez tudo correr muito bem.

Matéria Original: Hero Magazine | Tradução: Beatriz Falcão (Equipe Josephine Langford Brasil)

Arquivado em After, Destaque, Entrevista, Filmes, Matérias

Hero Fiennes-Tiffin teve sua primeira experiência como a versão jovem muito não-heróica de Lord Voldermort, interpretado por seu tio Ralph Fiennes, em Harry Potter e o Enigma do Príncipe. Um surto de crescimento depois, o ator de 21 anos é escalado para interpretar o bonitão, porém problemático, personagem principal masculino na adaptação cinematográfica do romance de Anna Todd, After. Aqui, cinco coisas para saber sobre nosso ViewGuy de março.

1. “Ninguém nas ruas nunca me reconheceu por causa de Harry Potter. Eu fui afortunado o suficiente por ter feito isso bem no momento antes de entrar na puberdade, o que, então, mudou dramaticamente minha aparência. Existem muitos fãs de Potter, mas eu não acho que tive um papel grande o suficiente para ficar na mente das pessoas.”

2. “Hardin Scott, o personagem que eu interpreto em After, é um cara problemático com muita coisa na cabeça. Ele é muito ingênuo/tolo, assim como muitos jovens são.”

3. “Eu amo jogar Fortnite quando tenho tempo. Essa é a conversa mais nerd para se ter, mas eu e meus amigos crescemos jogando videogame. Para mim, e mais sobre a jogabilidade do que os movimentos, roupas e essas coisas.”

4. “A música “Hero” do Enrique Iglesias foi cantada para mim durante minha infância junto com um monte de outras músicas, tipo “Hero” de Mariah Carey, e “I Need a Hero” de Bonnie Tyler.

5. “O próximo filme que estou participando é sobre a Guerra Civil Americana. É uma coisa sobre a qual não aprendemos nada na Inglaterra, então eu tenho feito inúmeras aulas de história e pesquisas.”

  • Matéria Original: Interview Magazine | Tradução: Caroline (Equipe Hero Fiennes-Tiffin Brasil)
Arquivado em Artigos, Entrevista, Filmes, Matérias, Notícia, Notícias, Projetos
Confira abaixo a tradução da entrevista de Hero para a Elle Magazine:

Hero Fiennes Tiffin – cheirando levemente a fumaça de cigarro e mexendo gentilmente seu semiacabado coquetel – tem falado sobre amor e relacionamentos por quase meia hora quando finalmente solta a bomba. ‘‘Por incrível que pareça’’, ele começa, um pouco receoso, ‘‘Eu nunca tive, tipo, um relacionamento sério. Eu nunca tive uma garota que eu chamaria de minha namorada.’’

É uma revelação surpreendente vindo de um ator britânico de 21 anos, que é, francamente, bastante adaptado em fazer os tipos de coisas que garotos que possuem muitas namoradas fazem. Sentar-se diante dele é testemunhar uma montagem de comportamentos de galã. Ele está correndo seus dedos através seu cabelo, piscando uma vez você perderá um sorriso com covinhas, lambendo seus lábios antes de navegar em um ponto particularmente apaixonado. Ah, e tem também o fato que seu retrato faiscante de Hardin Scott na próxima adaptação de fan fiction de One Direction, o filme After, seu primeiro papel principal, parece, bem, praticado.

Para muitos adolescentes na internet, Hardin representa o último namorado mal. Inspirado pelo cantor da 1D, Harry Styles, o personagem apareceu pela primeira vez em uma saga de mais de 2.500 páginas, publicada na plataforma Wattpad, onde já acumulou mais de 1,5 bilhão de leituras. Quando a Gallery Books lançou o livro como uma série de livros em cinco partes, tornou-se um fenômeno literário genuíno. Basta dizer que há mais do que algumas garotas que pretendem ver o novo filme de Fiennes Tiffin na noite de estréia no próximo mês.

A ninharia em nível de especialista do jovem ator também chamou a atenção de diretores de elenco na indústria da moda. Seu sorriso carinhoso aparece proeminentemente em um filme de moda Erdem x H&M dirigido por Baz Luhrmann em 2017, e Fiennes Tiffin está atualmente vestido com calças slim e um moletom cinza, ambos presenteados a ele pela Dolce & Gabbana depois que ele apareceu em uma de suas campanhas. ‘‘Na pequena quantidade de trabalho que fiz como modelo, sempre me disseram que eu nunca sorrio,’’ ele diz. ‘‘Se eu for dito para sorrir, vou sorrir. Mas meu normal é uma cara de parafuso. Cara séria. Um olhar zangado. Acho que isso me beneficiou em interpretar o Hardin.’’ Ele ri dessa constatação. ‘‘Sorrir não era comum em muitas cenas.’’

O primeiro papel distintamente sombrio de Fiennes Tiffin foi o jovem Lord Voldemort, também conhecido como Tom Riddle de 11 anos, em Harry Potter e o Enigma do Príncipe – que ele conseguiu, em parte, graças a sua relação (e semelhança) com Lord Voldemort adulto, interpretado por seu tio Ralph Fiennes. Quando perguntado qual nome é mais pé-no-saco para viver – seu primeiro ou o último – ele se inclina para trás em seu banquinho, geme e solta uma pequena risada. ‘‘Essa é uma boa pergunta’’, ele responde, embora no final se recuse a morder a isca. ‘‘Eu não penso nisso como um pé-no-saco. Eu penso nisso como uma benção.’’

Ao invés de falar sobre sua família do show biz (seu outro tio que é ator, Joseph, e seus pais, uma diretora de cinema e um diretor de fotografia), Fiennes Tiffin é mais feliz em falar sobre seus amigos. Eles são os ‘‘Garotos M’’, um grupo de 20 pessoas com quais ele cresceu e continua em contato via um grupo gigante de mensagens; a prima dele, cujo ele planeja se encontrar mais à noite (‘‘Feliz aniversário, Cheyenne!’’ ele grita na minha gravação); e uma garota chamada Ruby, cujo ele agradece por ter recomendado uma joalheria por perto onde ele logo procurará uma nova corrente.

Há poucas evidências do lado excitável e indisciplinado de Fiennes Tiffin em Hardin, e o bad boy desleixado vestindo uma camiseta do Ramones provavelmente zombaria das escolhas de indumentária mais atormentadas do ator. É provavelmente para o melhor que Fiennes Tiffin (que também foi recentemente escolhido para interpretar um soldado da União no drama de guerra Freedom’s Path) se distancia do personagem um tanto problemático, já que a série já provocou intensos debates sobre que tipo de mensagem a dinâmica entre Hardin e seu interesse amoroso, Tessa (Josephine Langford), envia para mulheres jovens, e se esse gênero de fan fiction de tesão e torto é muito retrógrado para a nossa era pós #MeToo. Ainda assim, Fiennes Tiffin está confiante de que o filme caiu no lado certo das coisas, em grandes e pequenas formas. ‘‘Houve uma direção onde estamos rindo e fugindo de alguém, e Tessa tropeça e Hardin a estabiliza,’’ ele diz. ‘‘E a diretora disse, muito bem colocado,: ‘Esta é uma direção sem sentido. Assume-se que as meninas não podem correr sozinhas.’ Foi uma das muitas coisas que estávamos conscientes ao filmar.’’

Veja: Hero Fiennes-Tiffin confirmado em novo projeto cinematográfico (Freedom’s Path)

Os fãs, por sua vez, têm poucos escrúpulos. Com cada notícia relacionada à After, Fiennes Tiffin se prepara para uma enxurrada de seguidores no Instagram – muitos deles usam emojis de olhos de coração e chorando de felicidade, junto com comentários do tipo: ‘‘Eu amo você com todo o meu coração’’ e ‘‘Minha eu da sétima série está chocada.’’ E quando os recursos não chegam rápido o suficiente, os próprios fãs fazem (caso em questão: o ‘’trailer’’ montado e remendado dos trabalhos anteriores de Fiennes Tiffin e Langford), o que faz sentido considerando as origens de After. Tem sido um furacão para alguém que até recentemente era mais conhecido por interpretar um pré-adolescente Tom Riddle. ‘‘Foi tão chocante para mim quanto para qualquer outra pessoa,’’ ele admite. Então, como se fosse uma sugestão, ele lambe os lábios e diz: ‘‘É difícil, mas de um jeito bom.’’

Matéria Original: Elle Magazine | Tradução: Rebecca e Karoline (Equipe Hero Fiennes-Tiffin Brasil)

Arquivado em After, Destaque, Entrevista, Filmes, Notícia, Notícias

No dia 1° de maio, foi divulgado pela Variety que Hero foi escalado para um novo projeto da Goldfinch Studios: o filme ‘The Fire Within’

Sinopse: “Jake tem uma escolha: seguir seu pai em uma repressão alcoólica, ou entrar no submundo do crime e arriscar perder tudo o que ele já conheceu, incluindo ele mesmo.” (Fonte: IMDb)

Estúdio Goldfinch monta equipe com Cowboy Cosmonaut e Tom Paton (EXCLUISVO)

Os Estúdios Goldfinch fecharam um acordo com a produtora indie do Reino Unido Cowboy Cosmonaut Films e com o escritor, diretor e produtor britânico, Tom Paton. Goldfinch possui um conjunto de operações que abrangem finanças, produção, instalações, pós-produção e efeitos visuais e fornecerá ao Cowboy Cosmonaut e Paton suporte para desenvolvimento e produção.

A Cowboy Cosmonaut é comandada pelos produtores Ashley Holberry and Gavin C. Mehrtens, que estavam anteriormente na Working Title Film. A leva inicial de projetos que Goldfinch vai dar apoio incluem “The Fire Within,” de Stephen Johnson, estrelando Hero Fiennes Tiffin (“Harry Potter and the Half-Blood Prince”), Sophie Kennedy Clark (“Philomena”) e James Cosmo (“Highlander”).

“Nossa parceria nos permite contar o tipo de histórias que nós mesmos queremos ver na tela — inspiradoras, diversificadas e comerciais” Mehrtens e Holberry disseram numa declaração. “Como produtores jovens e famintos, esperamos trazer uma perspectiva única para o Reino Unido e para as paisagens internacionais de produção.”

O acordo com Paton fará com que o Goldfinch desenvolva e produza executivamente fotos ao lado do cineasta britânico e candidato em ascensão do FrightFest. Eles trabalharão juntos em projetos, incluindo o filme de terror “Stairs”, que deve começar a ser produzido no verão, e outro projeto, “Mutiny”, sobre o qual ainda é pouco conhecido. “Estou animado em ver o que acontece quando combinamos nossos conjuntos de habilidades e conhecimento sobre esses empolgantes IPs”, disse Paton sobre o acordo com Goldfinch.

A Goldfinch Studios foi criada por meio da fusão da Goldfinch Entertainment e GSP Studios em 2017. Ela teve um movimentado ano de 2018, montou uma subsidiária de produção e desenvolvimento em Hong Kong, a Goldfinch Neon e uma iniciativa para apoiar cineastas de primeira viagem sob os First Flights.

Kirsty Bell, CEO da Goldfinch Studios, disse: “Com Ash, Gav e Tom vamos fornecer a estes talentosos cineastas a flexibilidade e apoio necessários para continuar sua trajetória ascendente, produzindo filmes que superam a criatividade, com uma visão e voz fortes e a capacidade de vender internacionalmente.”

Os próximos projetos do Goldfinch Studios incluem “Waiting for Anya” de Ben Cookson, estrelado por Angelica Huston, Jean Reno e Noah Schnapp, e “Sometimes Always Never” de Carl Hunter, com Bill Nighy, Sam Riley e Jenny Agutter.

Matéria Original: Variety | Tradução: Caroline (Equipe Hero Fiennes-Tiffin Brasil)

 

Arquivado em Filme, Filmes, Notícias, Projetos