Sejam bem-vindos ao Hero Fiennes Tiffin Brasil, a sua maior e mais completa fonte sobre o ator. Aqui você encontrará informações sobre seus projetos, campanhas e muito mais, além de entrevistas traduzidas e uma galeria repleta de fotos.

08 ago
2019
Postado por HFTBR

Com o crescimento da carreira do ator e modelo Hero Fiennes Tiffin, cada dia que passa existe uma demanda maior de atualizações e devido a isso o site precisa de ajuda para se manter ainda melhor para os fãs. Antes de se inscrever, esteja ciente de que é um trabalho voluntário, onde a pessoa que se comprometer com o cargo deverá ter responsabilidade.

Leia sobre as vagas e candidate-se:

Newposter: Responsável por postar notícias no site. É necessário ter um bom português e principalmente um bom inglês, uma vez que a maioria das notícias são encontradas em inglês. [VAGAS FECHADAS]

Legender: Responsável por legendar e traduzir vídeos para nosso canal no YouTube/Vimeo. Será preciso baixar pelo menos um software para tal trabalho. Conhecimento de editor de vídeos também pode ser necessário. [VAGAS ABERTAS]

Social Media: Responsável por cuidar das nossas redes sociais. Não é necessário alto conhecimento de inglês, apenas português para passar informações certas, e disponibilidade de tempo para manter atualizado. [VAGAS FECHADAS]

Tradutor: Responsável por traduzir notícias, vídeos ou outros conteúdos de língua estrangeira. É necessário inglês no mínimo intermediário e um bom português. [VAGAS ABERTAS]

Gallery Manager: Responsável por atualizar nossa galeria com as últimas imagens do Hero, é necessário o conhecimento de galeria Coppermine. [VAGAS FECHADAS]

Se interessou? Então preencha o formulário a seguir e mande para o email contato@herofiennestiffin.com.br com o título ‘Vagas na Equipe’.

Nome e Sobrenome:

Idade:

Twitter:

Área de interesse:

Disponibilidade de tempo:

Nível de inglês:

Legender: Conhecimento de editores de vídeo, ou software de legenda? Se sim, qual?

Já foi ou é membro da equipe de algum site? Se sim, qual?

Fale sobre por que gostaria de fazer parte da equipe do After Brasil.

*Campo obrigatório

OBS: Nos mande ficha somente se você for maior de 16 anos!

Categorias: Notícias

Em entrevista exclusiva, Girlfriend conversou com o elenco de After We Collided.

Langford, Tiffin e Sprouse falam sobre como foi voltar para a sequência, o que eles fariam se estivessem no mesmo lugar de Tessa (é a vingança do Dylan) e as coisas que seus personagens fazem que eles nunca poderiam.

Como você se sentiu durante a espera pelo lançamento desse filme, principalmente nessas circunstâncias?

Josephine Langford: Sim, as circunstâncias são realmente diferentes. Acho que estamos apenas seguindo o fluxo como todo mundo está durante este tempo, mas estamos super animados para que as pessoas assistam e assistam com segurança.

After termina com uma nota um pouco ambígua com Tessa pretendendo cortar os laços e sair da faculdade antes de ler a carta de Hardin. Se você fosse Tessa, o que teria feito?

JL: Sim, no final de After, não sabemos se eles vão voltar a ficar juntos ou não. Mas provavelmente faria algo semelhante. Acho que provavelmente deixaria o cara depois daquela carta. E quanto a vocês?

Hero Fiennes Tiffin: Quer dizer, você viu Hardin, certo? É um cara com dificuldades para mim. Você tem que voltar.

Dylan Sprouse: Estou pensando em vingança. Eu sou um grande cara de vingança. Eu provavelmente formularia um esquema maluco de vingança.

Existem alguns momentos angustiantes no filme, como vocês lidam com isso no set? Você tenta manter as coisas leves?

HFT: Acho que é quase bom não fazer isso. Quando se está gravando uma daquelas cenas pesadas, eu sinto que não há problema em deixar esse clima persistir, eu acho. Naturalmente, assim que saímos do set, sempre nos divertimos, nas pequenas porções de tempo que temos.

Você tem alguma lembrança favorita de voltar para After?

JL: Você não quebrou a porta? Eu esqueci completamente disso Hero!

HFT: Hardin deve quebrar várias coisas, e a porta não era uma delas. E eu quebrei uma, em um ponto… foi divertido. Talvez não para as pessoas que tiveram que pagar a conta. Mas sim, quando as pessoas perguntam isso, eu tenho um monte de boas histórias e nós meio que trocamos elas. Nenhum deles chega ao topo por mim, mas essa está lá em cima.

DS: Escondido atrás daquela calça jeans, Hero tem pernas de um burro.

Voltando para After We Collided, você está trabalhando com um diretor diferente e retratando o progresso desses personagens em um estágio diferente de suas vidas, como foi isso?

JL: Bem, eu realmente amo ter a oportunidade de interpretar a mesma personagem, mas em um estágio diferente de sua vida. É simplesmente interessante, você consegue mostrar a mesma pessoa e alguém com características semelhantes, mas gosta de crescer e evoluir e acho que o roteiro faz muito do trabalho para você. Você sabe, você simplesmente aparece e faz o seu trabalho. É o roteiro que realmente mostra como esses personagens evoluíram, se desenvolveram e amadureceram e estão em um estágio diferente de suas vidas.

Dylan, como foi entrar em uma série de filmes tão badalada? Especialmente vindo como um personagem que os fãs sabem que está aqui para sacudir as coisas para Tessa e Hardin?

DS: Acho que é divertido! Dá a você algo e um lugar para ir como ator, sabe? Quer dizer, acho que se eu desempenhar bem meu papel no filme, isso entrará em conflito não só com Tessa e Hardin, mas também com o público.

Então, isso me deu um bom lugar para ir e Trevor não é necessariamente um “cara mau”. Eu acho que ele pode ser um “cara mau” no sentido de que ele definitivamente intervém no amor desses dois, mas não acho que ele esteja fazendo isso de forma maliciosa. Então eu acho que é um bom lugar para estar como ator.

Parece que tem havido uma tendência recentemente em filmes YA, como The Kissing Booth, por exemplo, que rivais românticos não são tão unilaterais ou simplesmente “malvados”.

DS: Certamente, quero dizer, é mais crível assim. Eu acho que quando você está apenas interpretando um personagem que é como um ladrão de trilhos com bigode, não é tão interessante quanto poderia ser.

Acho que a complexidade sempre torna os personagens mais interessantes em filmes, especialmente em filmes de romance. Isso dá a você um lugar para ir como ator, como eu disse. Eu também estava conversando com Anna, nos bastidores sobre algumas coisas que fazem sentido para Trevor fazer, dizer ou agir. Isso realmente me ajuda no set com minhas performances também. E eu acho que as pessoas vão gostar disso.

Existe uma decisão que seu personagem toma ou alguma característica que você nunca imaginaria fazer ou da qual você discorda?

JL: Eu acho que quando você interpreta um personagem, há muitas decisões das quais você tende a discordar.

HFT: Concordo com isso. Parte disso é se colocar no lugar deles a ponto de concordar com essas decisões. Como eu, pessoalmente, posso discordar de algo, mas quando você está no papel, obviamente precisa. Quando você está dentro é obviamente uma coisa diferente. Mas você tem que encontrar uma maneira de acreditar e apoiar tudo o que eles fazem.

JL: Sim, é difícil olhar dessa maneira e objetivamente. Porque então você começa a julgá-los e fica ainda mais difícil se conectar com eles e se relacionar com eles. Você meio que tem que concordar com tudo.

DS: Não sei se algum dia conseguiria fazer uma planilha.

JL: Excel é difícil!

DS: Essa é uma linguagem completamente diferente.

HFT: Eu realmente não posso fazer isso para salvar minha vida.

DS: Há uma razão para sermos atores e atrizes!

Original | Tradução e adaptação: Equipe Hero Fiennes Tiffin Brasil

LONDRES – Superdry escolheu o ator Hero Fiennes Tiffin para ser o novo rosto da marca para o outono.

A campanha foi inspirada no livro “A Idade da Adolescência: Fotografias de Joseph Sterling, 1959-1964”, que a marca encontrou em uma viagem de compras vintage para La Brea em Los Angeles. A marca disse que quer trazer a cultura adolescente rebelde americana bem documentada do livro para o século 21.

Phil Dickinson, diretor de criação da Superdry, disse que esta coleção e campanha são o primeiro conceito criativo que se reúne com “A verdadeira alma da marca”.

“A categoria de estilo original e vintage é uma de nossas características estéticas, amada pelo estilo obcecado em todo o mundo e através de gerações. É apenas no ponto e sem esforço legal. Temos uma abordagem autêntica ao artesanato e um espírito verdadeiro na narrativa desta coleção. Estávamos procurando um ícone que incorporasse essa confiança relaxada e trouxesse um nível de charme rebelde ”, disse ele.

“Hoje, ninguém faz isso melhor do que Hero. Fomos inspirados pela ideia de Heróis e Rebeldes, que meio que parece certa e natural para o lançamento desta coleção ”, acrescentou.


Nascido e criado no sul de Londres, Fiennes Tiffin iniciou sua carreira interpretando Tom Riddle, o jovem Voldemort, em “Harry Potter e o Enigma do Príncipe”. Ralph Fiennes, que interpretou Voldemort em toda a franquia, é seu tio.

Seu último filme, “After Depois da Verdade”, uma sequência do filme “After” de 2019, que conta a história de amor de dois jovens adultos, está fazendo dele um galã para uma nova geração.

“Para mim, essa foi uma grande parceria e um projeto criativo, já que este é o tipo de estilo que adoro usar de qualquer maneira”, disse Fiennes Tiffin, que usou itens da nova coleção Superdry Original & Vintage e da coleção premium de edição limitada, na campanha.

“Certa vez, recebi um conselho muito bom: ‘Certifique-se de usar as roupas e não deixe as roupas vestirem você’”, acrescentou.

Com 5,7 milhões de seguidores no Instagram, Fiennes Tiffin também é o embaixador da nova fragrância masculina Salvatore Ferragamo, e foi modelo para a Dior Men’s e H&M.

Fonte| Tradução e adaptação: Equipe Hero Fiennes Tiffin Brasil

O filme ‘After We Collided’ inclui uma cena de yoga ‘quente’, diz Josephine Langford

A adaptação para o filme “After We Collided” de outubro incluirá várias passagens favoritas dos fãs do romance de Anna Todd , incluindo as cenas de ioga e patinação no gelo. Os atores Josephine Langford (Tessa Young) e Hero Fiennes Tiffin (Hardin Scott), falaram ao International Business Times quem realmente é o melhor nas atividades físicas e por que a cena da yoga ser um pouco quente demais.

A princípio, Fiennes Tiffin tentou manter sua resposta diplomática. “Não sei dizer”, rebateu o ator britânico. “Nós dois somos bons em ambos. Isto é difícil. Eu realmente sinto que estou andando no gelo agora. Nós dois somos bons.”

Depois de ouvir que Langford não teve problemas para responder, o ator de Hardin voltou atrás e percebeu que ele realmente não participava das poses. Você sabe o que? [Na] cena de yoga, eu não fiz ioga de verdade porque meu personagem obviamente fica tipo, ‘eu não estou fazendo isso.’ Mas sim, vou fazer yoga e patinar no gelo. ”

Langford, entretanto, soube imediatamente a resposta. “Ele é melhor em patinação no gelo, eu sou melhor em yoga”, disse ela sem hesitar.

A cena de yoga é conhecida por ser um momento sexy entre Tessa e Hardin no segundo livro da série. Enquanto os atores tiveram o cuidado de não estragar nada sobre a cena, eles notaram que foi muito quente – literalmente. Acontece que o estúdio de yoga parecia uma sauna.

“Em termos de temperatura, estava fervendo”, a atriz australiana riu. “Foi uma cena genuinamente quente, porque estava muito quente por dentro (estúdio)”.

Ainda assim, os fãs devem esperar que o filme seja um pouco mais sexy do que seu antecessor. “After We Collided” é classificado como R.

O filme segue “After” do ano passado, classificado como PG-13, que arrecadou quase US$ 70 milhões em todo o mundo contra um orçamento de US$ 14 milhões. Cada um dos filmes é baseado em um livro de Todd. A autora, que começou a compartilhar seu trabalho na plataforma de histórias Wattpad, lançou cinco livros da série “After”. Todd também escreveu o roteiro do novo filme.

“After We Collided” será lançado nos Estados Unidos nos cinemas e em plataformas VOD em 2 de outubro. Os fãs americanos podem querer ter cuidado com spoilers, já que em alguns territórios internacionais receberão o filme já em 2 de setembro.

Fonte | Tradução e adaptação: Equipe Hero Fiennes Tiffin Brasil

Hero Fiennes Tiffin: entrevista de Ferragamo para After Depois da Verdade

Depoimento do novo perfume Salvatore Ferragamo, ele revela prévias de After Depois da Verdade

Ele tem cinco milhões de seguidores no Instagram. E apenas 22 anos.

Hero Fiennes Tiffin , o ator britânico do filme After e After Depois da Verdade, a ser lançado em 2 de setembro de 2020, na Itália, é a nova cara da nova campanha de fragrâncias masculinas Ferragamo de Salvatore Ferragamo. Modelo e ator, ele interpreta as diferentes facetas do protagonista no filme e nas imagens.

Por outro lado, o protagonista do segundo filme da franquia After, sobrinho de Ralph Fiennes, nos contou sobre suas características pessoais com uma entrevista em vídeo no Zoom. Junto com prévias do próximo filme. Hero nos explicou por que os fãs ficarão satisfeitos …

Hero Fiennes Tiffin: de Ferragamo a After Depois da Verdade, entrevista:

Hero, você realmente se sente um herói?
Eu realmente não me sinto um herói. E eu não sinto que tenho super poderes. Mas se eu pudesse ter um, gostaria de poder voar. Acho que é o mais divertido para mim.

Qual é a sensação de ter apenas 22 anos e representar a fragrância de uma marca histórica?
Me sinto honrado. Profundamente lisonjeado e grato. Acho que tenho muito que aprender.

Muitos aspectos coexistem no perfume Ferragamo: tradição e inovação, concretude e criatividade, força e sensibilidade. Qual aspecto mais representa você?
Gosto de todos eles, mas tenho que ser honesto. Eu me sinto em equilíbrio entre todos esses aspectos. Acho que o melhor é pegar os melhores aspectos e inovar.

Na cena final da campanha do perfume Ferragamo, você se mostra confiante em quem quer ser. Quem você quer ser no traje de vida, herói?
Um dia sou uma pessoa e no dia seguinte sou outra. Eu ainda gostaria de ser eu mesmo, sem fazer o que a sociedade ou a família recomendam. Eu gostaria de ser a melhor versão de mim mesmo.

De quais aromas do perfume Ferragamo você mais gostou?
Eu gosto dos aromas cítricos. Eles são versáteis e adequados para todas as circunstâncias.

A campanha da fragrância é muito Hamlet. Você gostaria de atuar no teatro?
Eu gostaria muito de atuar no teatro. Embora continue a trabalhar com cinema (After Depois da Verdade) e TV, ao mesmo tempo gostaria de trabalhar no teatro no futuro.

Você se sente mais como ator ou modelo?
Eu me sinto mais como um ator porque sou muito apegado à atuação. Mesmo que eu trabalhe tanto como modelo quanto como ator e às vezes eu sinta os dois, no fundo sou um ator.

Você pode nos contar algumas curiosidades ou prévias sobre o filme After Depois da Verdade? Algumas coisas boas para seus fãs …
Essa é uma pergunta muito arriscada!! Eu não posso falar muito … Tudo o que posso dizer é que trabalhamos muito no personagem de Hardin Scott. Cavamos fundo para entender por que ele é do jeito que é. E acho que é isso que muitos fãs querem … Egoisticamente, Hardin sendo o personagem que interpreto, estou muito animado.

Quais são os seus planos para o verão?
Não tenho muitos para dizer a verdade. Acredito que diante do que está acontecendo no mundo, é melhor esperar e ver o que é certo fazer. Viva um dia por vez. Mas talvez eu pegue um bronzeado se houver algum sol na Inglaterra.

A sua família é muito ligada ao cinema e a ligação da grife Salvatore Ferragamo com o cinema também é muito forte. Você tem alguma lembrança de sua infância ligada à marca?
Minha mãe sempre foi fã da marca. Ela mesma me revelou quando comecei a trabalhar com Ferragamo.

Fonte | Tradução e adaptação: Equipe Hero Fiennes Tiffin Brasil

O mundo era um lugar muito diferente quando Nikolaj Coster-Waldau e Hero Fiennes Tiffin voaram para o Canadá para filmar The Silencing no ano passado. Coster-Waldau estava terminando de gravar a sétima temporada como Jaime “Kingslayer” Lannister em Game of Thrones da HBO, enquanto Fiennes Tiffin seguia seu papel de arrogante mercurial em After, a adaptação para jovens adultos de enorme sucesso.

Então, é claro, veio a pandemia, destruindo basicamente tudo sobre o mundo – incluindo o processo usual de promoção de um filme de suspense e cheio de estilo como The Silencing. Por necessidade, The Silencing chegará em cinemas selecionados e em vídeo sob demanda, estou conversando sobre isso com Coster-Waldau e Fiennes Tiffin de nossas respectivas quarentenas: Coster-Waldau na Dinamarca, Fiennes Tiffin na Inglaterra e eu na Califórnia.

Felizmente, The Silencing é exatamente o tipo de filme que deve fornecer uma distração bem-vinda para quem precisa de uma pausa do mundo real agora. Coster-Waldau interpreta Rayburn, um caçador aposentado que passa seus dias protegendo uma reserva natural e procurando a filha adolescente desaparecida, que todos supõem que esteja morta. Fiennes Tiffin interpreta Brooks, um jovem errante problemático com uma série de segredos. E quando o cadáver de outra adolescente é descoberto, os dois personagens acabam como protagonistas de um mistério cada vez mais tortuoso.

Aqui, Coster-Waldau e Tiffin falam sobre The Silencing, pintando seus dentes de marrom, e como é quando um diretor começa a brincar com uma arma no set:

Já se passou quase uma década desde que o roteirista Micah Rahnum escreveu o roteiro – e ganhou uma parceria – para The Silencing, mas vocês só se juntaram a este projeto nos últimos dois anos. Como esse script acabou chegando para vocês?

Nikolaj Coster-Waldau: Eu li anos atrás e achei um ótimo roteiro. Uma história muito simples, mas uma pequena reviravolta em uma história familiar. Começamos a procurar um diretor… e demorou um pouco, com as agendas se alinhando. E então eu vi o filme de Robin Pront, The Ardennes, que era tão bom e interessante e tinha algumas das qualidades que pensamos que seriam ótimas para isso.

Então era isso. De repente, aconteceu em uma reviravolta. Era um orçamento muito, muito baixo. Nós disparamos ao norte da fronteira, em Sudbury, Canadá. Excelente localização. Quando pesquisei Sudbury, uma das primeiras coisas que surgiram é que costumava ser um lugar onde as pessoas entendiam os efeitos da chuva ácida. Porque era uma grande cidade de mineração, e eles tiveram a pior chuva ácida do mundo. Literalmente, não sobrou vegetação, lá nos anos 70. Mas agora é lindo.

Hero Fiennes-Tiffin: Eu tinha acabado de promover o primeiro filme After. Eu deveria ir para casa, mas fui gentilmente convidado para o Met Gala. Tive um período intermediário em que voltaria para casa para um bom descanso de três semanas antes de voltar para Nova York. E de repente, isso apareceu, e se encaixou perfeitamente na programação – além de ser um papel no qual eu estava super interessado.

Rayburn é um verdadeiro sobrevivente, com uma reputação bem merecida por caçar e fazer armadilhas. Você tem alguma dessas habilidades?

NCW: Eu mesmo já cacei. Sempre gostei do ar livre. Mas Rayburn tem uma maneira muito específica de sobreviver. Ele usa uma garrafa de Jack Daniels para passar o dia. Eu nunca fiz isso. Obviamente, esta é a história de um cara que já estava bastante perturbado – mas perder sua filha cinco anos antes do filme começar o descarrilou completamente. Esse é um bom ponto de partida para um ator, se você pode começar de algum ponto extremo.

É difícil imaginar como as coisas poderiam ficar muito piores para ele, mas pioram.

NCW: Pelo menos ele tem um cachorro. Sempre há cachorros!

E Hero, espero que você não leve isso como um insulto, mas você não parece que seria o primeiro nome na lista a interpretar um adolescente viciado em drogas de Minnesota.

HFT: Foi tão bom fazer um papel tão diferente do papel de After. Mesmo sendo um papel coadjuvante, com um elenco tão bom… After é, você sabe, só eu e Josephine Langford, e esse foi o nosso primeiro filme. Então, ir e atuar com Nikolaj e Annabelle [Wallis] – em um papel completamente diferente que se encaixava perfeitamente na programação – foi apenas um sonho que se tornou realidade. Foi muito rápido, na verdade, mas funcionou perfeitamente.

Não vou estragar nada, mas é seguro dizer que Brooks tem alguns demônios. Como você conseguiu entrar na cabeça de um cara com tanto trauma?

HFT: Alguns papéis são emoções relacionáveis que você está retratando, e esse nem tanto, para mim. Então, fiz algumas pesquisas sobre traumas de infância e como isso afeta seu comportamento. Prescrições de opioides e problemas com drogas – isso era algo que eu definitivamente tinha que me educar com antecedência.

Mas essa é a diversão do trabalho, não é? Essa é a essência da atuação, quando você está tentando fazer algo mais longe de você. Quando exige mais. Quando te colocam na maquiagem e pintam seus dentes de marrom…

Os dentes marrons eram um toque muito bonito.

HFT: As pessoas ficaram meio hesitantes, saindo do After, para me deixar com um olho roxo e dentes sujos. E eu disse, “Vá em frente, pessoal! Vamos lá!” Foi sugestão do diretor, Robin Pront, e eu realmente gosto do visual que criamos.

Entre Brooks, Hardin Scott e o jovem Voldemort, você parece que está desenvolvendo um talento especial para personagens com um lado sombrio. É esse o tipo de papel que atrai você? Ou isso é apenas uma coincidência?

HFT: Eu sou tão novo nisso que ainda não sei realmente qual é a minha preferência. Eu gosto de fazer um pouco dos dois. Acho que você sabe no que é melhor ou para qual você é mais adequado. Até agora, tem sido menos dos personagens angelicais. Eu definitivamente quero continuar tentando os dois. Eu realmente não tenho um papel dos sonhos. Eu adoraria destruir algo como Indiana Jones ou James Bond, mas há tantos gêneros e filmes que amo. Não quero me colocar em uma posição em que tenho algo em que tenho que focar, porque simplesmente sei que há muito valor em todos os tipos diferentes de papéis que gostaria de desempenhar.

Original | Tradução e adaptação: Equipe Hero Fiennes Tiffin Brasil e After Brasil

Hero Fiennes Tiffin para Ferragamo é uma surpresa

Entrevistamos o ator inglês para nos contar sobre sua experiência no mundo dos perfumes.

Hero Fiennes Tiffin (os tios são os atores Joseph e Ralph Fiennes) protagonista de After, um filme baseado no romance best-seller de Anna Todd, é o ídolo adolescente do momento e possui mais de 5 milhões de seguidores no Instagram.

Percebendo seu potencial midiático, a marca Salvatore Ferragamo o escolheu como rosto da nova campanha dedicada à fragrância masculina Ferragamo. Idealizada por Paul Andrew, diretor criativo da Salvatore Ferragamo, e confiada à direção de vídeo de Gordon Von Steiner e às lentes fotográficas de Luca Khouri, a campanha redefine o conceito de masculinidade por meio da profundidade e da possibilidade.

Contra o plano de fundo de arranha-céus metropolitanos, com um roteiro em mãos, o jovem ator britânico, recita em voz alta “Quem você quer ser?”, como se tentasse seu futuro jeito de ser e estar no mundo. Então, no sentido dessa pergunta, a Esquire o entrevistou para aprofundar seus conhecimentos e ser informado sobre essa nova experiência como ator emprestado ao mundo do perfume.

Que modelo você acha ou gostaria de ser para os jovens?

Eu gostaria que meus colegas só me vissem como um cara legal em quem possam confiar. Nada mais. Eu gostaria de ser visto como uma pessoa honesta e trabalhadora.

Do que você está conversando com seus amigos: quais são as questões sociais que o interessam e entusiasmam?

O movimento Black Lives Matter é obviamente um dos temas centrais das conversas nos últimos meses, e que trouxe claramente à luz o problema da discriminação contra as pessoas negras. Problema que na minha cidade, Londres, sempre tive a oportunidade de observar de perto.

Como você vivenciou esse período de quarentena? Como você se manteve ocupado?

Nada tão impressionante. Assisti TV, joguei videogame e cozinhei. Também me dediquei à jardinagem. Uma semana eu estava treinando e na próxima não estava fazendo nada. Foi um período de altos e baixos, acredito para todos.

O que você aprendeu neste momento de crise?

O vírus e o movimento Black Lives Matter mostraram que juntos é possível enfrentar qualquer problema. No futuro, seria bom que essa nova consciência se tornasse uma força para enfrentar os problemas do mundo com a mesma energia e determinação com que enfrentam aqueles que mais nos tocam. Somente juntos as grandes injustiças podem ser combatidas e afligir o planeta.

Como você se viu nessa nova função de rosto da Ferragamo?

Bem, eu tenho que dizer, estou muito grato a Ferragamo por me dar essa chance. Nunca esperei ser o rosto de uma fragrância, não era algo que eu ia fazer ou o que eu esperava fazer, então foi uma verdadeira surpresa.

Quais são as diferenças entre atuar em um set e ser o rosto de uma marca como a Ferragamo?

São dois trabalhos muito diferentes. Quando você é um rosto de uma campanha, você é você mesmo, ou pelo menos traz à tona uma parte de si mesmo, quando você desempenha um papel no cinema, entretanto, quase sempre tem que representar um personagem completamente diferente do que você é. Além disso, é necessário muito estudo e tempo para desempenhar um papel.

Você pode nos contar algum episódio engraçado que aconteceu durante as filmagens da campanha?

Meus olhos são bastante sensíveis à luz do sol, sempre os estreitos quando há muito sol. Naquele dia no set a luz estava muito forte, pois para conseguir as fotos perfeitas, o rosto fica totalmente iluminado. Então, meus olhos lacrimejavam o tempo todo, e eu, brincando, tentei explicar para o fotógrafo e diretor: “São só lágrimas, mas não estou triste, juro”.

O perfume fazia parte do seu dia-a-dia antes de trabalhar com Ferragamo?

Sempre achei gostoso cheirar bem e sempre gostei de fragrâncias, então sim. Claro, agora a Ferragamo me enviou um estoque dessa nova fragrância, que gosto muito e as coisas mudaram: antes o perfume era “algo mais”, agora é um elemento indispensável na minha rotina.

Qual aspecto você mais gosta nessa fragrância?

É um perfume equilibrado e versátil. Uma fragrância com muitos tons diferentes, portanto, pode ser facilmente adaptada às diferentes personalidades do homem e aos diferentes momentos do dia. Muito fácil de colocar.

Qual é o cheiro que reacende memórias e emoções em você?

Talvez o cheiro de gasolina em um posto de gasolina quando você faz uma viagem. Sim, sinto que estou em um carro, o cheiro do carro de corrida é provavelmente o mais evocativo.

Projetos para o futuro?

Estou em negociações para alguns papéis, mas é tudo ultrassecreto, então temos que esperar para ver. Por enquanto, não posso dizer nada ainda. Seja paciente.

Fonte | Tradução e adaptação: Equipe Hero Fiennes Tiffin Brasil




Hero Beauregard Faulkner Fiennes Tiffin (Londres, 6 de novembro de 1997) é um ator e modelo britânico, conhecido por interpretar o jovem Tom Riddle em Harry Potter e o Enigma do Príncipe em 2009. Hero nasceu em Londres, Inglaterra, filho do roteirista George Tiffin e da diretora cinematográfica Martha Fiennes. Tiffin tem um irmão mais velho chamado Titan e uma irmã caçula chamada Mercy.
Saiba mais
Status do site

Nome: Hero Fiennes-Tiffin Brasil
No ar Desde: 06/11/2018
Equipe:  Conheça nossa equipe.
Visitas: |
Host: Flaunt Network | DMCA | Privacy Policy
O Hero Fiennes-Tiffin Brasil não tem qualquer ligação com o Hero, familiares, diretores e seu agente. Todo o material postado aqui é de propriedade de seus respectivos autores. Pedimos que se usarem algo da nossa autoria, como traduções, fotos ou qualquer outra coisa, por favor não esqueçam de creditar. Se você é dono de algum material que foi postado aqui e deseja que seja removido, entre em contato antes de tomar qualquer ação legal.

APARIÇÕES E EVENTOS ENSAIOS FOTOGRÁFICOS E CAMPANHAS FLAGRAS FILMES SÉRIES SCANS VARIADAS