Sejam bem-vindos ao Hero Fiennes Tiffin Brasil, a sua maior e mais completa fonte sobre o ator. Aqui você encontrará informações sobre seus projetos, campanhas e muito mais, além de entrevistas traduzidas e uma galeria repleta de fotos.

No dia 1º de setembro, After We Fell estreia na Suécia! FRIDA conversou com o ator Hero Fiennes Tiffin, que revelou como fica nos bastidores quando ele e Josephine Langford gravam cenas quentes.

Em 1 de setembro de 2021, a tão esperada sequência da autora Anna Todd, After: Depois do Desencontro, estreia nas telonas. E certamente é esperado que contenha tantas cenas quentes quanto os filmes anteriores? Mas como isso realmente funciona quando você grava cenas de sexo? FRIDA fez a pergunta ao ator Hero Fiennes Tiffin, e aqui está sua resposta!

– Claro, você pensa um pouco que está gravando uma cena de sexo, mas as pessoas são muito profissionais. A parte vergonhosa é deixar ser constrangedor, para seguir rolando, ele diz e continua:

– Não é tão glamoroso e sexy quanto parece, porque muitas pessoas ficam ao redor. Desculpe, estou estragando sua imagem agora, mas o produto final é muito diferente do processo.

Qual foi sua primeira reação ao ler o roteiro e descobrir que havia tantas cenas íntimas?

Para ser sincero, pensei “Ok, razoável. Opa, mais um. E de novo?”. Mas é assim mesmo, e as pessoas parecem gostar. Eu acho que é corajoso mostrar isso e se você fizer isso com bom gosto, funciona. Mas sim, fiquei surpreso no início quando li o roteiro.

Um de nossos leitores se pergunta se é difícil não desenvolver sentimentos um pelo outro ao trabalhar tão intimamente.

Eu entendo que as pessoas pensem assim, mas no final das contas é um trabalho e atuação. 99% de todas as emoções que você experimenta como personagem são emoções que você mesmo não sente.

Como é trabalhar com Josephine Langford?

Ela é fantástica e incrivelmente talentosa. Foi um prazer trabalhar com ela. É legal porque foi o primeiro papel principal tanto para mim quanto para ela. Foi bom ter alguém ao meu lado que passou exatamente pela mesma coisa.

Hero diz que ele e Josephine mal se conheciam antes de começarem a filmar o primeiro filme After em Atlanta.

Nos encontramos pela primeira vez em Atlanta, onde o primeiro filme foi gravado. Passaram-se apenas alguns dias ou uma semana antes de começarmos as filmagens. Anna Todd também estava lá, diz ele.

Você já disse que nunca teve uma parceira antes, isso ainda é verdade ou você está namorando alguém agora?

Tento manter certas coisas para mim, mas se as pessoas sabem, elas sabem. Eu entendo a curiosidade dos fãs, mas agradeço que eles respeitem minha privacidade.

Categorias: Notícias

O ator britânico, também um modelo de elite, começou sua carreira de ator retratando brevemente o vilão dos filmes de Harry Potter quando criança.

Hero Fiennes-Tiffin pertence à nobreza da arte britânica desde que nasceu em Londres, há 23 anos, em uma das famílias mais respeitadas nessa área no Reino Unido. Um modelo para Dolce & Gabanna, Ferragamo ou Woolrich, ajudado por um físico alto de 1,85 de altura e um rosto que oscilou entre as idades, ele começou sua carreira de ator interpretando brevemente o vilão dos filmes de Harry Potter em sua infância, para, depois de aparecer em várias produções, pulando para a linha de frente como a parte masculina do casal dos filmes do momento: aquele que a escritora Anna Todd idealizou, baseado nas aventuras do mais popular dos integrantes do grupo One Direction: Harry Styles, sob o título After.

Felizmente, a saga foi, primeiro, um fenômeno literário e depois cinematográfico, e hoje chega a sua terceira parte: After: Depois do Desencontro, em que seu personagem, o atraente, mas um tanto inquieto e oprimido, Hardin Scott, enfrenta seu pior inimigo, que não é ninguém além dele mesmo, apoiado, como sempre, por sua amada Tessa, que também ganha vida pela também midiática Josephine Langford.

LV: Hardin está comemorando o aniversário dele. Ele está amadurecendo também?

Bem, ele começou como um “vilão” um tanto misterioso que as garotas gostam tanto, então o descobrimos cada vez mais atormentado pelo seu passado e agora vamos entender porque ele é assim. Sim, ele vai crescer, evoluir e vai literalmente sair da pele para chegar a esse destino que consiste em reconstruir o que está danificado dentro dele e ser a melhor versão de si e para si. Eu diria que a parte da jornada que ele está agora é acordar e ser uma pessoa melhor.

LV: O que você acha que tem em comum com ele e o que você acha que o diferencia dele?

Uma de nossas semelhanças é que nós dois colocamos muito esforço e coração para fazer as coisas que amamos; ficamos muito apaixonados quando algo nos interessa profundamente. Se gosto de alguma coisa, coloco toda a carne na grelha tanto no campo profissional quanto nas relações pessoais. Nisso somos parecidos, mas diferimos porque acho que sou, ou geralmente sou, mais lógico, enquanto ele se deixa levar por suas explosões e é muito impulsivo. Eu diria que sou melhor em processar emoções e que penso mais antes de agir.

LV: Personagens que permitem que o ator se empolgue são especialmente divertidos?

Dentro de um limite, mas é assim. Gosto de um personagem que não tem consciência das consequências de suas ações e dos danos mais ou menos colaterais de sua natureza destrutiva. Arrasa relacionamentos, explode com frequência e talvez seja algo que todos nós gostaríamos de fazer às vezes, mas que geralmente contemos. Sinto muito, porque não é um comportamento que possa ser tomado como exemplo, mas é tremendamente divertido para um ator interpretar alguém assim, que permite que você atue sem muitos laços porque não aprendeu a se controlar. É fantástico lidar com um personagem tão avassalador e, ao mesmo tempo, como ele vai se entendendo aos poucos, te mantém alerta e atento aos detalhes.

[…]

LV: Muitos tentam, mas nem todos conseguem transformar uma saga New Adult que não é de fantasia em um fenômeno literário e cinematográfico. Você pode encontrar uma explicação [para After]?

Acho que o segredo dessa conexão é que as histórias de amor não têm data de validade. Já vimos milhares deles ao longo da história e não nos cansamos porque, no fundo, refletem uma parte muito importante da vida de cada um, ainda mais quando se é jovem e se depara com todos esses sentimentos quase pela primeira vez; eles geralmente são novos para você. E então, as histórias em After têm tudo o que preocupa os jovens: problemas familiares, histórias de amizade, festas, embriaguez e atrasos. E ele não foge do sexo e da profundidade que é estabelecida por meio dessa parte dos relacionamentos. Isso é algo que outras sagas não ousam tocar. No final, tudo isso torna essa história especialmente envolvente.

E eles o transformaram em um ‘símbolo sexual’ de 23 anos…

Bem…

Você acha que, por enquanto, seu bom físico tem sido fundamental em sua carreira?

Eu acho que sim. Deve ter algo a ver com isso.

Você gosta do seu lado modelo?

Sim, embora definitivamente prefira atuar mil vezes e sempre foi minha prioridade. Mas a verdade é que gosto de usar roupas legais e adoro viajar e conhecer pessoas por causa desse lado da minha vida. Também gosto muito de explorar o mundo da criação e ver como os designers investigam e criam novos estilos. É um mundo muito emocionante. Sim; Também gosto de ser modelo.

É algo que, além disso, aumenta aquele número milionário de seguidores que te acompanham nas redes sociais. Você gosta, se orgulha ou não gosta de ter influência na vida de pessoas que não conhece?

A verdade é que um pouco de cada coisa. Eu gosto disso, mas também é um fardo sobre meus ombros. Não era algo que eu estava procurando: eu apenas gostava de atuar e contar histórias e a fama e os seguidores vieram de repente. No início, era algo que me oprimia e eu queria manter distância, mas com o tempo fui me acostumando e não me oprime mais. Além disso, sempre que tenho contato com alguém através das redes encontro muito carinho e fãs incríveis que me apoiam e isso é algo que me traz felicidade. Embora no início fosse chocante e difícil de transportar.

E isso já começou na época em que você interpretou Tom Riddle na saga Harry Potter, na qual compartilhou um personagem com seu tio Ralph?

Sim; foi muito curioso para nós dois interpretarmos o mesmo papel em dois momentos diferentes. Todos eram amáveis ​​comigo e sempre se certificaram de que eu estava confortável e o diretor estava sempre sorridente e calmo; não deixava que a pressão das filmagens pesasse sobre nós, crianças. Por mais nervoso que eu estivesse, só tenho boas lembranças de tudo isso. Foi uma explosão.

E agora que Hardin Scott está prestes a desaparecer da sua vida, mesmo que haja mais um filme a ser lançado, para onde você gostaria de direcionar seus passos?

Eu adoraria estar envolvido em uma história na Inglaterra, talvez um filme de Guy Ritchie. Isso me deixaria feliz, trabalhar em Londres em alguma história típica de Londres, porque há muito talento em meu país; os atores são incríveis. Eu colocaria Sherlock Holmes na minha vida e na minha carreira, por exemplo, sem hesitação, mas há muitas outras histórias que ainda não viram a luz e que espero que estejam esperando por mim ao virar da esquina.

Fonte: La Vanguardia | Tradução e Adaptação: Equipe Hero Fiennes Tiffin Brasil

Categorias: Notícias

O adolescente atormentado da série After volta a nos apaixonar em After: Depois do Desencontro, o terceiro filme da franquia (3 de setembro). Os garotos maus são nossas perdições, por isso rendeu 120 milhões de euros.

Apesar de ter nascido no seio de uma familia de artistas, ele não se considerou um ator até que se viu no set de Harry Potter e o Enigma do Príncipe, interpretando Tom Riddle, o Lord Voldemort mais novo. “Só atuando podemos fazer coisas sem ter consequências, por isso eu gosto.”, nos disse, simpático, direto de Londres.

Confessa, você leu os quatro livros de Anna Todd?

Na verdade, não (risos). Comecei o primeiro e vi que estava narrado no ponto de vista da Tessa, então eu pensei que para ser fiel ao meu personagem seria melhor não ler e amadurecer com ele. Há tantas mudanças de um livro pra um roteiro… e é assim que deve ser. Quando terminarmos tudo pode ter certeza que vou ler.

O que você tem em comum com o Hardin?

É engraçado, no início eu tinha mais relutância em admitir nossas similaridades, mas gosto de pensar que ambos somos muito leais às pessoas próximas. Fora isso, sou protetor, de uma maneira razoável, com meus amigos, família e pessoas que amo. Tenho mais sorte, porque não tenho os mesmos tipos de demônios e cargas com os quais ele lida. Agradeço não ter nada que esteja me desgatando como ele tem.

O melhor filme é sempre o último?

Dizem que o segundo nunca é bom, mas acho que é o contrário com After. Temos melhorado cada vez mais e por isso estou animado para que as pessoas assistam aos filmes 3 e 4. Mal posso esperar. Vão gostar tanto quanto eu.

O que aprendeu com essa série de filmes?

A lição mais valiosa é a importância da comunicação. Por isso a relação de Tessa e Hardin se estraga. Dá raiva ver o quanto [eles] poderiam ter salvo e quão mais fácil teria sido se eles tivessem conversado.

Hardin se apoia em Tessa para ser a melhor versão de si mesmo. Em quem você se apoia?

Em meus amigos mais próximos. Em minha família também, mas tenho sorte de ter muitos amigos, que conheço desde sempre, e que vejo sempre que posso quando estou em casa. São essenciais.

Qual foi a melhor e a pior parte de filmar essa história?

O pior: o frio. Os terceiro e quarto filmes foram gravados na Bulgaria e fazia muitíssimo (frio). Era suposto que o filme não deveria estar ambientizado num lugar frio, já que havia muitas cenas [em que eu estava] com apenas uma camisa e foi um desafio. O melhor? Interpretar o mesmo personagem 4 vezes e crescer com ele. Normalmente não acontece numa carreira e é um privilégio.

Você gostaria de gravar com sua mãe, Martha Fiennes, e seus tios Ralph (A Lista de Schneider, Harry Potter) e Joseph (Shakespeare in Love, O Conto da Aia)?

Definitivamente. Eu amaria, sim.

Já falou disso com ela?

Não em uma conversa séria, mas eu mencionei. Não planejamos nada, mas se tiver que acontecer, acontecerá.

Dar vida aos “maus” é mais satisfatório?

Não necessariamente. Foi apenas como aconteceu. Eu adoraria alternar entre bons e maus.

Agora vai voltar ao trabalho com “First Love”…

Eu não queria fazer outro filme de romance, e sim explorar um gênero diferente, mas AJ Edwards, o diretor, me convenceu. Jim é muito diferente e havia outros atores geniais [no elenco] como Diane Kruger, Jeffrey Donovan, Sydney Park e pessoas com muito talento e experiência. Eu quis aprender muito [com eles] e fiz isso.

Lembra-se do seu primeiro amor adolescente?

Meu cachorro, Diesel, comigo desde os meus 11 anos.

Você é rosto do perfume Ferragamo. Gosta de moda?

Sim, eu gosto, mas prefiro ser ator do que modelo, e me interesso mais pelo outro lado da moda, a parte de criação. Apesar de que também gosto de me vestir, devo admitir.

Você não é muito ativo nas redes sociais. Não gosta de se expor? Te aborrecem?

No início foi algo muito pesado, deixei de estar apenas no meu círculo de amigos para ser o centro das atenções. Agora só gosto de me expor na vida real [fora da internet] e posso dar mais de mim mesmo se não focar apenas no Instagram. Por mais que seja bom para sua carreira e para os fãs, também pode consumir muito da sua energia. Acho que passo por fases, mas aproveito mais a vida real.

Com qual causa você se preocupa mais: ambiental, direitos dos animais, refugiados, das crianças…?

É uma pergunta interessante… Sempre pensei que, a fim de colaborar com os outros, não há reposta incorreta. Toda causa é boa para se participar. Mas [o direito] das crianças me toca mais de perto, [elas] são o futuro e se as protegemos antes que seja tarde demais, também estamos ajudando os adultos.

Se não fosse ator, o que faria?

Todo mundo na Inglaterra quer ser jogador de futebol desde pequeno, mas quase nunca é acessível. Custa muito, muitíssimo para alcançar. Mas sim, eu também sonhava com isso.

Categorias: Notícias

Foi divulgado quinta-feira (19) pelas redes socias do Fanmio a parceria entre o site e Hero Fiennes, e estamos aqui para tirar todas as suas dúvidas.

O que é o Fanmio?

É uma plataforma voltada para interação de fãs com o artista. Lá vocês podem conversar e comprar produtos exclusivos.

Leia o que Hero falou sobre a parceria: “Oh, oi gente. Acabei de chegar de um ensaio, me sigam, por aqui. Eu sou Hero Fiennes Tiffin, talvez você me conheça como Hardin Scott de After ou talvez de outros papéis que interpretei. Estou aqui hoje para falar com vocês sobre Fanmio. Me juntei com a Fanmio para trazer para vocês alguns Meet&Greet pessoais onde podemos conversar e nos conhecer melhor. Agora, cada vez que nós conversamos parte do dinheiro vai para caridade, nos juntamos com duas instituições uma chamada Steel Warriors e outra chamada Homeless World Cup Foundation. Duas instituições que gosto muito e que estou muito feliz de estar trabalhando junto. Mal posso esperar para conhecer vocês, falar sobre Fanmio e nos conhecermos melhor, mas também gostaria de deixar avisado que autografei alguns itens exclusivos que você pode ter, então visite fanmio.com/hero e mal posso esperar para conhecer vocês.”

Quanto custa para participar?

Há 3 opções de pacotes, e quanto mais benefícios, mais caro.

Pacote Bronze: US$: 29,99 (aproximadamente 161,29 reais). Engloba:

Um camisa exclusiva da Fanmio e uma CHANCE de conhecer o Hero online. Por causa da demanda, apenas 3 fãs vão ser aleatoriamente sorteadas pelo próprio Hero para o meet. Quem for contemplado com o encontro, receberá o gravação deste em HD.

Pacote Prata: US$ 199,99 (aproximadamente 1075,54 reais). Engloba:

Um encontro online garantido com o Hero e a gravação deste encontro para baixar.

Pacote Ouro: US$299,99 (aproximadamente 1612,85 reais). Engloba:

Encontro online garantido com o Hero, além da gravação deste encontro para baixar. Uma camisa personalizada e um autógrafo do Hero em uma foto.

Reafirmando que todos os encontros vão ser gravados e disponibilizados para a pessoa, e vai ser feito por uma pessoa de cada vez, não em grupo. As camisas vão ser postadas para entrega cerca de 3 ou 4 semanas após o encontro. Parte do dinheiro arrecadado vai para duas instituições de caridade: Steel Warrios e Homeless World Cup Fundation.

Os encontros começarão dia 30 de agosto, sendo este o mesmo prazo para comprar um dos pacotes.

Ao passo que novas informações forem divulgadas, nós atualizaremos.

Categorias: Notícias

Em dezembro de 2018, Hero foi anunciado pela revista Variety como parte do elenco do filme Freedom’s Path, onde interpretaria William, um dos personagens principais do drama.

Veja: FREEDOM’S PATH: Hero Fiennes-Tiffin confirmado em mais um projeto cinematográfico

Hero comentou algumas vezes sobre o filme, sobre as pesquisas que estava fazendo pelo seu personagem e que estava animado. A última vez que o mencionou foi em março de 2019 para a Interview Magazine: “O próximo filme que estou participando é sobre a Guerra Civil Americana. É uma coisa sobre a qual não aprendemos nada na Inglaterra, então eu tenho feito inúmeras aulas de história e pesquisas.”

Veja: Hero Fiennes-Tiffin, nosso ViewGuy de março, ama jogar fortnite e pesquisar sobre a Guerra Civil (é para um filme) — Interview Magazine

Porém em outubro de 2019, a DEADLINE divulgou a notícia que novos atores entraram para o elenco, incluindo Gerran Howell como William, previamente divulgado como o personagem que seria interpretado por Hero.

Embora nenhum esclarecimento oficial tenha sido feito sobre a saída de Hero do elenco, acreditamos que ele teve que sair por incompatibilidade de agenda. Nesse meio tempo, Hero assinou o contrato para gravar as sequências da franquia After, e eventualmente as gravações de After We Fell e After Ever Happy coincidiram com o período de gravação de Freedom’s Path. Reafirmo que essa é nossa suposição com base nas informações divulgadas.

Segundo o site 5newsonline, as gravações Freedom’s Path foram finalizadas em novembro de 2020 e o filme tem previsão de ser lançado este ano, mas ainda sem data. Seria muito interessante ver este lado do Hero como ator, mas não vai ser dessa vez. Desejamos sucesso para o elenco e produção.

Categorias: Destaque, Notícias

Recentemente foi divulgada uma breve entrevista de Hero Fiennes na versão física da revista Cosmopolitan holandesa, a qual traduzimos abaixo. Confira completa:

Hero Fiennes Tiffin é a estrela dos populares filmes dramáticos After (2019) e After We Collided (2020). Este ano ele retorna como o bad boy Hardin Scott em After We Fell. Chegou a hora de falar com o belo ator.

After We Fell é o terceiro filme da série After. O que torna este filme tão diferente?

H: “Cada filme teve um diretor diferente, trazendo sua visão e estilo únicos. Acho que esse filme é bem mais maduro. Também ajuda que Jo (co-estrela Josephine Langford, ed.) E eu tenhamos um pouco mais de experiência e possamos facilmente ter empatia com os papéis que desempenhamos há algum tempo. Mal posso esperar que as pessoas finalmente vejam!”

Seu personagem Hardin é um… er, personagem interessante. Existem certos aspectos em que você concorda (com ele)?

H: Durante a promoção do primeiro filme, também me fizeram esta pergunta, e lembro-me que naquela época respondi, sem dúvida,: “Não, de forma alguma”. Voltarei a essa resposta gradualmente. Por exemplo, temos a aparência exatamente igual (risos). Eu aprendi com seus erros, se isso faz sentido. Também tem algo de maluco: posso fazer todo tipo de coisas malucas como Hardin, mas não tenho que lidar com as consequências.

Você se tornou extremamente famoso em muito pouco tempo – você tem mais de 7 milhões de seguidores no Instagram. Como é isso para você?

H: Foi muito estranho, principalmente no começo, porque ficar famoso nunca foi meu objetivo. Fui avisado no início da carreira que minha vida nunca mais seria a mesma, mas como você se prepara para isso? Nesse aspecto, o lockdown também me ajudou: fui capaz de processar o que passei. E em casa continuo o mesmo: assim que guardo meu celular, posso curtir a vida com os mesmos amigos que sempre tive.

Você mora em Londres. Nunca teve vontade de se mudar para a América?

H: O que posso dizer? Eu sou um garoto londrino. Acho que sempre morarei em Londres. Viajar muito a trabalho me deixou mais apegado a Londres. Também gosto de poder manter isso separado: meu trabalho, atuar em Los Angeles ou Nova York. Então, quando eu voltar aqui, estarei em casa novamente.

Qual é seu filme favorito?

H: O Gigante de Ferro. Um clássico. Acho que é um dos meus favoritos porque eu assistia muito quando era criança e foi meu primeiro videotape. Sempre tive que compartilhar (os videotapes) com meus irmão e irmã e este era o único que era realmente ‘meu’.

Você tem uma história de pior encontro?

H: Deve ter sido meu primeiro encontro, quando eu tinha 12 anos. Foi emocionante o suficiente, e cinco minutos depois do início do encontro, um pássaro fez cocô no meu braço. Não me lembro se estava usando uma camisa de manga comprida ou não… Mas você entendeu.

Se você não fosse ator, o que gostaria de fazer?

H: Hmm, boa pergunta. Provavelmente algo com serviço de bufê. Gosto muito de cozinhar. Antes de conseguir o papel de Hardin, trabalhei em uma empresa de bufê, na churrascaria. O que eu prefiro fazer? Eu faço um hambúrguer de frango frito fantástico. Ou a Shepherd’s Pie: uma caçarola com carne picada, molho de tomate e purê de batata, com um pouco de molho inglês. Em seguida, coloque no forno para uma camada crocante… Divino!

Qual foi o melhor conselho que você já recebeu?

H: Meu irmão dá conselhos ruins com uma frequência incrível, mas nas poucas vezes em que dá bons conselhos, é realmente bom: o equilíbrio é importante. Tente manter o equilíbrio em tudo. Dê um passo para trás de vez em quando e olhe para isso de uma perspectiva diferente. Algo está fora de equilíbrio? Então volte.

Categorias: Notícias



Hero Beauregard Faulkner Fiennes Tiffin (Londres, 6 de novembro de 1997) é um ator e modelo britânico, conhecido por interpretar o jovem Tom Riddle em Harry Potter e o Enigma do Príncipe em 2009. Hero nasceu em Londres, Inglaterra, filho do roteirista George Tiffin e da diretora cinematográfica Martha Fiennes. Tiffin tem um irmão mais velho chamado Titan e uma irmã caçula chamada Mercy.
Saiba mais
Status do site

Nome: Hero Fiennes-Tiffin Brasil
No ar Desde: 06/11/2018
Equipe:  Conheça nossa equipe.
Visitas: |
Host: Flaunt Network | DMCA | Privacy Policy
O Hero Fiennes-Tiffin Brasil não tem qualquer ligação com o Hero, familiares, diretores e seu agente. Todo o material postado aqui é de propriedade de seus respectivos autores. Pedimos que se usarem algo da nossa autoria, como traduções, fotos ou qualquer outra coisa, por favor não esqueçam de creditar. Se você é dono de algum material que foi postado aqui e deseja que seja removido, entre em contato antes de tomar qualquer ação legal.

APARIÇÕES E EVENTOS ENSAIOS FOTOGRÁFICOS E CAMPANHAS FLAGRAS FILMES SÉRIES SCANS VARIADAS